Últimas Notícias

Seleção brasileira de bocha disputa a partir de terça a etapa de Portugal da Copa do Mundo

Seleção brasileira de bocha disputa a partir de terça a etapa de Portugal da Copa do Mundo
Foto: Saulo Cruz/CPB


A Seleção Brasileira de bocha paralímpica já está em Portugal após a semana que fez parte da fase de treinamento do Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. No país europeu, os brasileiros vão competir a etapa de Póvoa de Varzim (POR) da Copa do Mundo da modalidade, última competição oficial que antecede aos Jogos Paralímpicos de Paris, que começam em 28 de agosto. O último teste dos atletas do país antes da competição na capital francesa vai correr de 9 a 15 de julho. 

Durante a fase de treinamento, os atletas da bocha brasileira treinaram em dois períodos no CT Paralímpico e buscaram fazer os últimos ajustes na parte estratégica do jogo antes dos confrontos em Portugal. Muitos dos adversários do Brasil nos Jogos Paralímpicos estarão nas disputas na cidade portuguesa. 

Por isso, a equipe brasileira vai com “força total” para Portugal, com os atletas que compõem todas as classes da modalidade (BC1, BC2, BC3 e BC4), além da equipe e dos pares BC3 e BC4. Entre eles, a pernambucana Andreza Oliveira, medalhista de ouro no individual BC1 e por equipes BC1/BC2 nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago 2023, além do título inédito no Mundial da modalidade no Rio de Janeiro 2022. 

A delegação brasileira também vai contar com os jovens André Martins, 21, e Laissa “Guerreira” Vasconcelos, 19, que classificaram o Brasil nos pares BC4 (para atletas que têm deficiências severas, mas que não recebem assistência) para Paris 2024 ao chegarem na final do qualificatório realizado em Coimbra (POR).

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar