Últimas Notícias

Chanceler ucraniano critica COI por ideia de permitir que atletas russos voltem a competir

Imagens do Altair Ice Stadium - Reprodução: Instagram @dmytro_kuleba

 

O Chanceler ucraniano, Dmytro Kuleba, convidou nesta terça-feira (03) o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI)Thomas Bach, para uma visita à cidade de Druzhkivka, na região de Donetsk, para conhecer o impacto da invasão russa no esporte ucraniano, principalmente o Altair Ice Stadium, que foi destruído em ataques de mísseis russos.

 

"Convido todos os dirigentes esportivos que desejam permitir que atletas russos participem de competições internacionais porque 'o esporte está acima da política', incluindo o presidente do COI, Thomas Bach, a visitar 'Altair' e ver por si mesmos a 'neutralidade esportiva' da Rússia", escreveu Kuleba em uma mensagem no Instagram.

 

O centro esportivo  Altair Ice Stadium foi destruído nos ataques de mísseis russos na noite passada em Druzhkivka, que também danificaram um hotel, um terminal de ônibus, uma igreja, um prédio residencial e outras instalações.

 

Kuleba, que incluiu imagens do estádio destruído em sua mensagem, acrescentou que "todo político estrangeiro ou dirigente esportivo deveria primeiro olhar para essas fotos antes de dizer que os esportes devem ficar fora da política". Ele enfatizou que talvez essas pessoas finalmente entendam "por que é imoral se esconder atrás de uma neutralidade abstrata em tal situação".

 

O Chanceler ucraniano enfatizou que Rússia e Belarus devem assumir total responsabilidade por seus crimes contra a paz e os seus atletas não podem participar de competições internacionais como se nada tivesse acontecido. “Os únicos tiros aqui (no Altair Ice Stadium) eram os pênaltis do hóquei. Até que surgiram as bombas russas despolitizadas", concluiu.

 

Dmytro Kuleba, que é ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, afirmou que a pista de gelo de Druzhkivka "não era apenas um recinto desportivo, mas uma das arenas fundamentais para o desenvolvimento do esporte ucraniano e a maior escola de hóquei e patinação artística da Ucrânia", além de ter acolhido competições nacionais e internacionais.

 

O Altair Ice Stadium também foi desde 2014 a sede do clube de hóquei Donbass, oito vezes campeão ucraniano, e que relatou esta manhã em seu site as consequências dos atentados. O clube também lembrou que este é o terceiro estádio que perde "por causa dos ocupantes russos", depois do Druzhba Sports Palace, em Donetsk, e do Mariupol Ice Center.


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar