Brasil terá seis surfistas nas quartas da etapa de Saquarema


As oitavas de final da etapa de Saquarema da Liga Mundial de surfe (WSL) realizadas nesta segunda (27), foram muito proveitosas para a Brazilian Storm. Todas as baterias com brasileiros, tiveram vitória verde e amarela, para delírio da torcida no "Maracanã" do surfe. Pela primeira vez, o Brasil terá seis representantes nas quartas de final de uma etapa da liga.


Se classificaram Filipe Toledo, Ítalo Ferreira, Samuel Pupo, Miguel Pupo, Matheus Herdy e Yago Dora. Nas quartas de final, Matheus e Samuel se enfrentarão na primeira bateria, enquanto Ítalo e Miguel farão a segunda. Já Filipe enfrentará o australiano Connor O'Leary e Yago enfrentará adversário a definir.


O líder do campeonato não fez os seus aéreos nesta fase e brilhou com o surfe de borda, fazendo boas manobras e aproveitando as ondas de 4 a 6 pés para mostrar o porque é o grande favorito ao campeonato de 2022.


Ele somou 6.33 e 7.23, dando boas rasgadas, espalhando bastante água e não foi incomodado pelo peruano Miguel Tudela, que fez 7.17 e 2.27. 


Ítalo eliminou o jovem Michael Rodrigues, com um somatório enorme, quando a bateria tinha apenas 13 minutos. Ele somou 5.50 e 8.67, sendo o último um aéreo no qual ele alcançou uma altura considerável e venceu a bateria por 14.17 a 8.10.


Quem também usou do voo para derrotar um compatriota foi Samuel Pupo, que recebeu nota 9.00 na sua manobra e deixou Caio Ibelli na combinação, somando um 8.00 em uma onda de manobra, explorando suas paredes volumosas.


O Pupo mais velho, Miguel, eliminou o estadunidnse Nat Young com duas boas ondas, somando 7.67 e 7.33 contra 5.27 e 4.67, deixando o placar final em 15.00 a 9.94. 

 

Matheus Herdy fez uma ótima bateria, somando 6.07 e 5.67, mas conviveu com a pressão de Robinson, que vinha tentando boas ondas. A segundos do fim, o australiano vice-líder do campeonato conseguiu fazer uma onda boa, com fortes rasgadas e tirou 7.00, 0.07 a menos do que precisava para virar e acabou eliminado. 


Na última bateria com brasileiros da fase, Yago Dora chegou a precisar de combinação, mas em cinco minutos virou a bateria com um 7.23 e 6.87, com excelentes rasgadas e fortes pancadas no lip da onda.


As quartas de final ocorrerão ainda nesta segunda e as semis e finais masculina e feminina serão na terça.


Foto Daniel Smorigo/WSL

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top