Brasil perde para a França no Desafio Internacional de Tênis de Mesa


A Arena Carioca I, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, recebeu alguns dos principais atletas do mundo no Desafio Brasil x França de Tênis de Mesa, em que colocou os brasileiros Hugo Calderano, Vitor Ishiy e Eric Jouti de um lado e os franceses Simon Gauzy, Can Akkuzu e Alexis Lebrun de outro. Ao final, os europeus saíram vitoriosos do evento por 3 jogos a 2.

E engana-se quem pensa que foi um torneio “amistoso”. Todos os atletas deram um show de tênis de mesa e proporcionaram um grande espetáculo a quem estava presente. Uma prova de como o Desafio foi parelho é que três das cinco partidas terminaram em 3 sets a 2.

Hugo Calderano (número 4 do mundo) foi o responsável pelas duas vitórias brasileiras, enquanto cada um dos três franceses foi responsável por um triunfo no embate que terminou com vitória europeia.

Craque e ídolo brasileiro, Calderano retornou às mesas brasileiras no evento deste sábado. O quarto melhor atleta do mundo estava desde 2018 sem jogar em seu país natal e enalteceu a oportunidade de voltar a jogar no Brasil. Além disso, ele elogiou o apoio da torcida brasileira.

“É incrível poder voltar para o Brasil. Há um bom tempo eu não jogava por aqui, com a torcida brasileira que eu tanto amo. Eles fizeram bastante a diferença hoje, me empurraram e me ajudaram bastante. Quando eu entrei na apresentação até senti um arrepio, fico feliz de ver tanta gente me apoiando aqui”, disse o carioca.

Vitor Ishiy também exaltou participar de um campeonato em solo brasileiro. O atleta disse que se emocionou com isso e lamentou não ter saído com triunfos no Desafio.

“Eu estou muito feliz. Primeira vez joguei representando o Brasil aqui com a torcida brasileira, foi bem emocionante para mim, fiquei muito feliz. Infelizmente, não consegui sair com a vitória, falou Ishiy.

Outro que também ressaltou a disputa de um evento de alto nível no Brasil foi Eric Jouti. Para o mesa-tenista, foi importante para mostrar que o tênis de mesa brasileiro se encontra em outro nível atualmente.

“É bem importante mostrar que o tênis de mesa está crescendo, que não é mais um esporte pequeno. Com a ajuda do Calderano, do Vitor, do Gustavo (Tsuboi) e de mim, estamos conseguindo elevar o Brasil a outro nível, então é super importante ter este tipo de evento aqui. Ficamos muito felizes de termos participado”, opinou Jouti.

Hugo Calderano 3 x 2 Alexis Lebrun (12/14, 11/9, 11/7, 12/14 e 11/5)

Lebrun teve um grande começo de jogo e abriu a dianteira logo no início. Ele chegou a estar vencendo por 7 a 1. O francês teve muitas chances de set point, mas Calderano teve uma reação inacreditável e empatou em 10 a 10. Eles seguiram trocando a vantagem do jogo no tie break, mas o final foi positivo para o atleta da França: 14 a 12.

Hugo se recuperou da derrota no primeiro set, se acostumou melhor com o jogo do francês e empatou o confronto ao colocar 11 a 9 no marcador. O brasileiro seguiu jogando melhor na terceiro parcial e, com isso, ele angariou uma nova vitória, agora, por 11 a 7.

O quarto set foi bastante acirrado e com pedidos de tempo para ambos os lados. Os dois levaram o jogo até o 26º ponto com o triunfo indo novamente para o francês em 14 a 12. No seguinte, Calderano foi mais dominante e não teve muitas dificuldades para fechar a parcial em 11 a 5 e o jogo em 3 a 2.

Vitor Ishiy 2 x 3 Simon Gauzy (11/9, 11/6, 8/11, 11/6 e 15/13)

O começo foi favorável para Gauzy, mas Ishiy mostrou uma excelente recuperação durante as trocas e chegou a virar o jogo que estava em 8 a 4 para 11 a 9. Vitor continuou exibindo um excelente tênis de mesa. Com a performance, o brasileiro levou a parcial seguinte em 11 a 6.

A seguinte foi iniciada com o brasileiro apresentando muita consistência em suas iniciativas, Gauzy pediu tempo no início e tentou entrar na partida. Ao retornar à mesa, o confronto ficou mais equilibrado e o mesa-tenista da França acabou triunfando por 11 a 8.

Simon voltou melhor e tomou a frente desde o princípio. O francês controlou bem a parcial e saiu vitorioso por 11 a 6. No set decisivo, Ishiy esteve muito bem no decorrer das trocas e liderou boa parte da parcial, porém tudo ficou empatado ao final, levando aos saques alternados. No término, a partida foi para o francês, que faturou a parcial em 15 a 13. Era o empate da França no Desafio.


Eric Jouti 2 x 3 Can Akkuzu (7/11, 12/10, 7/11, 11/9 e 12/14)

O terceiro embate entre Brasil e França foi aberto com Akkuzu sendo dominante nos primeiros pontos. Seguiu desta forma até o final, o que levou ao triunfo europeu por 11 a 7 na primeira parcial. Em seguida, Can tomou a dianteira, mas Jouti não deixou por isso mesmo, buscou o empate e encontrou uma grande virada: 12 a 10 para o brasileiro.

Na sequência, o francês voltou a aplicar 11 a 7 no brasileiro, que se recuperou e triunfou na parcial seguinte por 11 a 9, depois de estar perdendo por 4 a 0. Por fim, o set decisivo foi de tirar o fôlego. O brasileiro perdia por 10 a 7, conseguiu o empate, e chegou a liderar, mas, ao final, acabou batido por 14 a 12, ficando a vitória nas mãos de Akkuzu.

Hugo Calderano 3 x 1 Simon Gauzy (11/7, 9/11, 11/7 e 11/4)

Calderano iniciou dominando as ações da partida. O brasileiro não chegou a ter uma grande margem, mas fez um bom controle das iniciativas e, com isso, terminou ganhando a parcial inaugural por 11 a 7. Depois, o brasileiro também teve o controle inicial do embate, porém acabou sofrendo a virada e foi derrotado pelo francês por 11 a 9.

Nos dois sets seguintes, o número quatro do mundo não deu chance alguma ao adversário. Calderano se impôs, venceu o terceiro set por 11 a 7 e o quarto por 11 a 4, levando o Desafio ao quinto e último jogo.

Vitor Ishiy 0 x 3 Alexis Lebrun (3/11, 11/9 e 11/6)

A última partida foi a que apresentou o menor equilíbrio de todas. Vitor Ishiy tentou apresentar o seu melhor na mesa, mas Lebrun queria mostrar o porquê é considerado um dos mais promissores atletas do mundo. O francês foi avassalador e não deu chances ao brasileiro: 3 a 0, com parciais de 3/11, 11/9 e 11/6.

Fotos: Luis Miguel Ferreira

Postar um comentário

To Top