Velocista Erik Cardoso brilha em São Paulo e assume a ponta do ranking



Erik Felipe Cardoso, do SESI-SP, nem descansou da disputa do Campeonato Mundial Indoor de Belgrado, encerrado no dia 20 de março, na Sérvia, e já venceu neste fim de semana os 100 m do 5º Circuito Paulista Open – Adulto e Sub-20, disputado na pista do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, na Vila Clementino, na capital de São Paulo.

Orientado por Darci Ferreira da Silva, Erik venceu a prova, com o tempo de 10.14 (0.0), assumindo a liderança do ranking brasileiro da especialidade de 2022. No ano passado, o atleta obteve 10.01 (2.0) na final do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa Sub-23, em setembro, em Bragança Paulista (SP). Felipe Bardi dos Santos, companheiro de treinamento de Erik em Santo André (SP), ficou em segundo lugar, com 10.24, seguido de Rodrigo Nascimento (CT Maranhão-MA), com 10.37.

Em outras provas, destaque para Eduardo de Deus (CT Maranhão-MA), nos 110 m com barreiras, com 13.49, com vento válido. Já Gabriel Luiz Boza (APA-SP) saltou 7,94 m no distância, mas com 2.8 m/s de vento, acima do permitido.

Chayenne Pereira da Silva (Pinheiros-SP), que também esteve em Tóquio, estreou na temporada nos 400 m com barreiras, com 56.50, seguida por Jéssica Vitoria de Oliveira Moreira, também do Pinheiros, com 56.63.

No arremesso do peso, Willian Denilson Dourado (UCA) obteve a marca de 20,40 m. No disco feminino, as três representantes do Brasil em Tóquio-2021, foram os destaques, com Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros-SP), em primeiro, com 61,97 m, seguida de Izabela Rodrigues (IEMA-SP), com 61,35 m, e Fernanda Borges (AABLU-SC), com 58,15 m.

E, no lançamento do martelo, a tricampeã sul-americana Mariana Grasielly Marcelino (IEMA-SP) iniciou bem sua campanha em busca do índice para o Mundial de Oregon, nos Estados Unidos, em julho, com a medalha de ouro, com 64,22 m.

Foto: Wagner Carmo/CBAt

Postar um comentário

To Top