Brasil conquista prata e bronze no Mundial Militar de Pentatlo Moderno - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Willian, Matheus e Danilo estão no pódio, junto com poloneses e húngaros

O Brasil conquistou uma prata e um bronze no Campeonato Mundial Militar de Pentatlo Moderno, que se encerrou neste domingo (05), em Drzonków, na Polônia. A prata veio no último dia da competição no revezamento misto, com Danilo Fagundes e Isabela Abreu. O bronze foi garantido na sexta-feira, na disputa por equipes masculina com Danilo, Felipe Nascimento e Matheus Nobre.

O país não assegurava um pódio no Mundial Militar de pentatlo moderno desde 2016. Na ocasião, Yane Marques foi bronze individual e bronze por equipes, juntamente com Larissa Lellys e Priscila Oliveira. Na edição de 2021, na Polônia, participaram 60 pentatletas de 11 países.

Para chegar à prata na Polônia, Danilo e Isabela fizeram uma prova constante contra as outras sete duplas presentes no evento, conquistando 1.412 pontos. Eles começaram em sétimo na natação e asseguraram 302 pontos. Na esgrima, tiveram o quinto melhor desempenho, garantindo mais 205. No hipismo, fizeram a sétima melhor apresentação montando Wulkan e Cadozo e somaram 274 pontos.

Danilo e Isabela iniciaram o laser-run na sétima colocação geral. Mas os brasileiros "voaram" na última prova do dia, cravando o melhor tempo dentre todos os oito competidores, ultrapassando cinco duplas para chegar ao segundo lugar. Os brasileiros terminaram o tiro a laser e a corrida em 11min09s55, conquistando 631 pontos.

Danilo e Isabela pódio revezamento misto
Danilo e Isabela no pódio do revezamento misto

O ouro da disputa ficou com os ucranianos Iryna Khokhlova e Denys Pavluk, que chegaram aos 1.425 pontos. Já o bronze foi para os franceses Marie Oteiza e Jean Baptiste Mourcia, com 1.405 pontos.

Bronze por equipes

Assim como nesse domingo, Danilo também fez um excelente laser-run na disputa individual, que lhe garantiu o bronze no evento por equipes, na sexta. O brasileiro largou a última prova da disputa na 23ª colocação e e completou as séries de tiro a laser e corrida com o segundo melhor tempo dentre os 34 competidores. Ele cravou 11min52s, quando assegurou 640 pontos, somando 1.416 no geral.

O bronze veio juntamente com os resultados de Matheus Nobre, de apenas 19 anos e que chegou aos 1.381 pontos, e Felipe Nascimento, que ganhou 1.380 pontos. No total, a equipe brasileira somou 4.177 pontos.

Willian Muinhos,Danilo Fagundes e Matheus Nobre estão recebendo as medalhas
Willian Muinhos, Danilo Fagundes e Matheus Nobre

A pontuação individual fez com que Danilo terminasse em décimo na disputa masculina, Nobre em 18º e Felipe em 20º. O Brasil ainda esteve representado no evento por William Muinhos, que ficou em 32º, com 1.331 pontos. Felipe e William ainda participaram do revezamento masculino e ficaram em sétimo dentre as 10 duplas do evento, com 1.398 pontos.

O ouro por equipes entre os homens ficou com a Hungria, de Bence Demeter, Gergo Bruckmann e Robert Kasza, que somaram 4.284 pontos. A prata foi para a Polônia, de Lukasz Gutkowski, Jaroslaw Swiderski e Sebastian Stasiak, que chegaram aos 4.026 pontos.

Feminino sem medalhas

Além de Isabela Abreu, o Brasil também teve Stephany Saraiva competindo pelo Brasil na disputa feminina do Mundial. As duas participaram juntas do revezamento feminino e do individual feminino. No revezamento, Isabela e Stephany ficaram em sexto dentre as sete duplas presentes, depois de somarem 931 pontos. No individual, Stephany foi a 22ª com 1.233 pontos e Isabela a 24ª com 1.230.

Cabe destacar que nenhum dos atletas que representou o Brasil no Mundial Militar, tanto no masculino quanto no feminino, estiveram presentes nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A única representante do país no megaevento da capital japonesa foi Maria Iêda Guimarães, que teve problemas e abandonou a disputa.

Fotos: Divulgação/CBPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário