Evelyn Oliveira e Eliseu dos Santos vencem segundo duelo na bocha em Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Evelyn Oliveira e Eliseu dos Santos vencem segundo duelo na bocha em Tóquio 2020

Compartilhe
Evelyn Oliveira, de máscara e na cadeira de rodas, coloca uma das bolas na calha

Seis brasileiros da bocha entraram em ação na primeira sessão deste domingo (29) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Destes, apenas Eliseu dos Santos (BC4) e Evelyn Oliveira (BC3) conseguiram vitórias. Marcelo Santos (BC4), Guilherme Moraes (BC1), Andreza Vitória (BC1) e Natali Faria (BC2) foram derrotados.

Evelyn venceu a tailandesa Somboon Chaipanich por 8-1 e chegou à sua segunda vitória na competição. A brasileira perdeu o primeiro end por 1-0, mas se recuperou na sequência e venceu as parciais seguintes por 1-0, 5-0 e 2-0. Evelyn aparece na segunda colocação do grupo D da BC3, empatada com o australiano Daniel Michel. Eles se enfrentarão no encerramento da primeira fase.

Eliseu dos Santos também chegou à sua segunda vitória na BC4. Depois de ter superado seu irmão Marcelo, ele bateu o russo Sergey Safin por 7-3. O brasileiro venceu o primeiro end por 4-0 e o segundo por 2-0, tendo perdido o terceiro por 2-0 e empatado o último em 1-1. Eliseu aparece na segunda colocação do grupo E, empatado com Leung Yuk Wing, de Hong Kong.

Leung Yuk Wing, aliás, foi o responsável por impor a segunda derrota de Marcelo dos Santos nesta Paralimpíada. O asiático venceu o brasileiro neste domingo por 14-0 (3-0, 5-0, 2-0 e 4-0) e, assim, o eliminou da disputa. Eliseu está na briga para se classificar e enfrentará Leung na última rodada. Quem vencer, estará nas quartas de final.

Quem também deu adeus à competição foi Andreza Vitória de Oliveira, que perdeu seu terceiro jogo na classe BC1. Desta vez, caiu diante da sul-coreana Jung Sungjoon por 4-2 (2-0, 2-0, 0-1, 0-1). Natali de Oliveira, da classe BC2, perdeu seu segundo duelo, para a tailandesa Watcharaphon Vongsa, por 14-0 (6-0, 4-0, 3-0, 1-0), e se despediu mais cedo do torneio.

Guilherme Moraes, da classe BC1, conheceu sua segunda derrota na competição, agora para a russa Olga Dolgova, por 4-1 (derrotas nos três primeiros ends e vitória no último). Ele, no entanto, ainda tem chances extremamente remotas de se classificar, já que ainda tem mais dois jogos a fazer.

Foto de capa: Fabio Chey/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário