WSL: Após ataque de tubarão, brasileiros avançam e Brazilian Storm estará completa na fase de 32 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

WSL: Após ataque de tubarão, brasileiros avançam e Brazilian Storm estará completa na fase de 32

Compartilhe


A fase de eliminação da etapa de North Narrabeen, na Austrália, do Circuito Mundial de Surfe (WSL) foi disputada neste sábado (17). Apesar da presença de um tubarão a poucos metros dos competidores, que interrompeu a disputa por alguns minutos, Tatiana Weston-Webb, Alex Ribeiro e Caio Ibelli conseguiram avançar e garantiram com que todos os brasileiros inscritos na etapa disputem a fase de 32. O convidado Mick Fanning também se classificou. 


O primeiro brasileiro a entrar na água foi Caio Ibellique havia feito uma primeira fase dos pesadelos sem conseguir completar uma manobra sequer, mas se recuperou contra o Mikey Wright (AUS) e Matheew McGllivray (RSA). Ele conseguiu uma nota 6,00 e outra  3,97, se classificando em primeiro com um agregado de 9,97, seguido do anfitrião, que somou 9,94.


Alex Ribeiro disputou uma das vagas na fase de 32 em bateria contra o norte-americano Connor Coffin e o australiano Adrian Buchan. Sem muitas dificuldades, o brasileiro teve duas notas 5,33, somando 10,66 e se classificando em primeiro, seguido de Coffin, que acabou com 8,60.


A lenda Mick Fanning, convidado da etapa, competiu na primeira série do dia, sem a presença de brasileiros. Ao lado do francês Jeremy Flores e do australiano Connor O' Leary, o tricampeão mundial fez duas manobras na casa dos cinco pontos e avançou para a fase seguinte. Ele terá a oportunidade de reverter a má performance apresentada na primeira fase e mostrar que ainda tem "lenha para queimar". Flores foi o vencedor da bateria, com 10,84 contra 10,27 de Fanning.


A bateria seguinte foi paralisada por vinte minutos em razão da presença de um tubarão na área de competição. Passado o susto, Jack Freestone fez a grande onda desta fase, com um aéreo alto e recebeu dos juízes 8,17. Dylan Moffat respondeu com outro aéreo, mas a rabeta de sua prancha não ganhou tanto altura quando a do adversário e acabou ficando com com 7,33, se classificando em segundo e eliminando o italiano Leonardo Fioravanti.


Entre as mulheres, Tatiana Weston-Webb conseguiu a classificação no último momento, após disputa equilibrada contra as australianas Tyler Wright e Laura Enever. Até os cinco minutos finais, as vagas estavam ficando com as anfitriãs, porém, a brasileira conseguiu achar uma manobra para 5,93, virando pra cima de Enever, com um 8,96 contra 8,94Wright se classificou em primeiro com 9,10.


Ainda neste sábado e na madrugada deste domingo serão disputadas as baterias da fase de 32 do torneio masculino, com transmissão da WSL em seu site e redes sociais e na ESPN2.


Foto: Divulgação/WSL

Nenhum comentário:

Postar um comentário