Morre aos 52 anos Michele Pasinato, um dos maiores ídolos do voleibol italiano - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Morre aos 52 anos Michele Pasinato, um dos maiores ídolos do voleibol italiano

Compartilhe

O voleibol italiano perdeu nesta quinta-feira (08) um dos grandes nomes de sua história. Depois de lutar por cinco meses contra uma grave doença, o ex-jogador Michele Pasinato faleceu aos 52 anos, na cidade de Pádua.

Pasinato fez parte da "Equipe do Século" da Itália, que dominou o voleibol mundial nos Anos 1990. Ao lado de nomes como Andrea Giani e Samueli Papi, o oposto conquistou o Campeonato Mundial em 1998, vencendo a Iugoslávia na decisão. Antes, ele já havia vencido Campeonatos Europeus e seis Ligas Mundiais, além de ter disputado os Jogos Olímpicos de Barcelona 1992 pela Azzurra. Ao todo, ele participou de 252 partidas pela seleção.

O ex-jogador ainda era o recordista de pontos marcados na temporada regular da primeira divisão da liga italiana. Ao longo de sua carreira, em que defendeu Petrarca, Gabeva, Roma e Padova, ele marcou 7.031 pontos em 280 jogos, mais de 300 pontos a mais que o segundo na classificação.

A informação da morte de Pasinato foi confirmada pela Federação Italiana de Vôlei, que lamentou o ocorrido e prestou condolências à família.

"Aqueles que tiveram a sorte de conhecê-lo falam de um homem e atleta impecável, sempre pronto com suas atitudes simples para mostrar o apego à camisa azul e ao vôlei. Uma paixão tão forte que ele a passou aos seus filhos Edoardo e Giorgio, ambos jovens jogadores de vôlei", escreveu a Federação em nota. "Para eles, para sua esposa Silvia e para toda a família Michele, o presidente Giuseppe Manfredi, os vice-presidentes Adriano Bilato e Luciano Cecchi, o secretário-geral Alberto Rabiti, o Conselho Federal e toda a Federação Italiana de Voleibol enviam sinceras condolências".

Foto: Reprodução/Federazione Italiana Palavollo

Nenhum comentário:

Postar um comentário