Sarina Wiegman assumirá seleção inglesa de futebol feminino após os Jogos Olímpicos de Tóquio - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Sarina Wiegman assumirá seleção inglesa de futebol feminino após os Jogos Olímpicos de Tóquio

Compartilhe

Sarina Wiegman foi nomeada como sucessora de Phil Neville no comando da seleção de futebol feminino da Inglaterra. Wiegman, treinadora dos Países Baixos na última Copa do Mundo, assinou um contrato de quatro anos, mas permanecerá na equipe neerlandesa até o fim dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

"Estou muito satisfeita e honrada por ingressar na seleão da Inglaterra no próximo ano", disse Wiegman. "A Inglaterra é o berço do futebol e os principais desenvolvimentos no futebol feminino global nos últimos anos foram liderados pela FA [Associação Inglesa de Futebol]. Estou muito ansiosa para contribuir com minha experiência e conhecimento para esta equipe ambiciosa."

Wiegman somou 104 partidas pelos Países Baixos como jogadora e assumiu o comando técnico do time de seu país em 2017. No mesmo ano, levou sua seleção à vitória na Eurocopa. Em 2019, a treinadora levou a seleção neerlandesa à final da Copa do Mundo, tendo sido foi derrotada pelos Estados Unidos. Ao todo, foi técnica em 55 partidas, com 39 vitórias e apenas 9 derrotas.

"Estamos entusiasmados por ter garantido Sarina para liderar as Lionesses até 2025", disse o presidente-executivo da FA, Mark Bullingham. "Ela é uma vencedora comprovada e estamos confiantes de que ela pode levar a Inglaterra ao próximo nível, nos dando a melhor oportunidade possível de alcançar nossa ambição de ganhar um grande torneio."

Sob o comando de Phil Neville, a seleção inglesa chegou às semifinais da última Copa do Mundo, tendo perdido para os Estados Unidos por 2 a 1. Dois anos antes, em 2017, com o técnico galês Mark Sampson o país chegou também as semifinais na Eurocopa, tendo perdido justamente para a seleção neerlandesa de Wiegman.

O primeiro grande torneio da técnica de 50 anos com as "Lionesses" será a Eurocopa, programada para ocorrer na Inglaterra em 2022. Assim, ainda está indefinido o nome que irá comandar a seleção da Grã-Bretanha nos Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem, já que o contrato de Neville, atual treinador, vai até julho e não deve ser renovado pela FA.

Surte + Guia dos Sistemas Qualificatórios Olímpicos - Futebol

Foto: REUTERS/Yves Herman

Nenhum comentário:

Postar um comentário