Neerlandês Arno Kamminga registra 58.46 nos 100m peito em competição na Bélgica - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Neerlandês Arno Kamminga registra 58.46 nos 100m peito em competição na Bélgica

Compartilhe

Terceiro homem mais rápido da história dos 100m peito, o neerlandês Arno Kamminga teve um ótimo desempenho nesta sexta-feira, em uma competição em Antuérpia, na Bélgica. Na prova que é sua especialidade, o nadador registrou 58.46, a apenas três centésimos de seu personal best. Ele ainda nadou os 200m peito para 2:08.20.

Nomeado de Corona Race, o evento reuniu atletas neerlandeses e belgas, naquela que foi uma das primeiras competições internacionais de natação depois do início da pandemia.





A post shared by Arno Kamminga (@arnokamminga) on


Kamminga já havia participado de um evento não oficial em maio e registrou 59.24 nos 100m peito. Incluindo a competição desta sexta-feira, ele só nadou na casa dos 58 segundos na prova em seis oportunidades. A melhor marca pessoal foi feita em março deste ano, com 58.43. Apenas o britânico Adam Peaty e o bielorrusso Ilya Shymanovich possuem tempos melhores que os dele na distância.

Quanto aos 200m peito, o neerlandês, de 24 anos, é o sexto nadador mais veloz da história da prova, com 2:07.18, feitos também em março deste ano. Ele é o atual campeão europeu em piscina curta tanto nos 100 quanto nos 200m peito, tendo sido semifinalista em ambas as distâncias no último Mundial de longa. Além disso, Kamminga detém o recorde nacional das seis provas de peito (50, 100 e 200m em curta e longa).

Outro destaque da Corona Race foi Kira Toussaint, outra atleta dos Países Baixos. Ela registrou 59.9 nos 100m costas, melhor tempo pessoal da temporada. Ela já havia competido na mesma prova em dois eventos no retorno pós-pandemia: em maio, fez 1:00.91; e no final do último mês, nadou para 1:00.7.

Seguindo os passos deste evento, estão programadas outras competições internacionais de natação envolvendo países vizinhos. É o caso da "4 Nations Meet", que está programado para os dias 24 a 26 de julho e reunirá Áustria, Hungria e República Tcheca (a Alemanha também participaria, mas já notificou os organizadores que não enviará uma delegação).

ERRATA: A matéria originalmente publicada, às 11h31 deste sábado (11), indicava que os resultados haviam sido registrados manualmente. No entanto, a informação está errada. Todos os tempos foram cronometrados com placar digital. A matéria foi atualizada às 20h36 do mesmo dia.

Foto: Divulgação/KNZBNed

Nenhum comentário:

Postar um comentário