Andy Murray critica calendário provisório da retomada do circuito de tênis - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Andy Murray critica calendário provisório da retomada do circuito de tênis

Compartilhe

Eliminado na semifinal do torneio de tênis Battle of the Brits, o ex-número 1 do mundo, Andy Murray criticou o calendário proposto pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) para a retomada da temporada 2020. Para ele, a programação não é segura para os jogadores, que precisarão pular eventos devido agenda lotada. 

"Não é seguro para os jogadores ir das semifinais ou da final em Nova York e depois jogar em Madri, na altitude, no saibro, piso que não competem há muito tempo", disse Murray em entrevista coletiva durante o Battle of the Brits. 

"Você terá potencial onde muitos dos melhores jogadores não estarão competindo em muitos dos maiores eventos", disparou o bicampeão olímpico. 

A temporada de saibro começará ainda durante o US Open, no dia 8 de setembro, em Kitzbuhel, na Áustria. Posteriormente serão disputados os Masters 1000 de Madri e na semana seguinte, de Roma. Roland Garros terá seu início no dia 28 de setembro. 

"Talvez valha a pena olhar para um ranking de dois anos por enquanto, talvez para que caras que tenham se saído bem no ano passado e que não sejam capazes de defender seus pontos devidamente, não sejam punidos", sugeriu. 

Murray acenou para a possibilidade de não disputar o Masters 1000 de Cincinnati, que neste ano será realizado em Nova York. No entanto, ele não confirmou a informação durante a coletiva. Atualmente o bicampeão de Wimbledon ocupa a 129ª posição. 

Foto: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário