Integrante da seleção de polo aquático do Brasil na Olimpíada de 1968 morre vítima do coronavírus



Fernando Antonio Sampaio Sandoval, que integrou a seleção brasileira de polo aquático na olimpíada da Cidade do México em 1968, faleceu nesta sexta (1º), se tornando mais uma vítima da Covid-19 (coronavírus). Fernando tinha 78 anos e estava internado em em São Paulo se tratando da doença, mas não resistiu.

Fernando fez parte do grupo que foi medalha de prata nos Jogos Pan-americanos de 1967 em Winnipeg e no ano seguinte, defendeu o Brasil nos Jogos da Cidade do México, onde o Brasil ficou em décimo terceiro lugar. 

Ele defendeu os clubes do Paulistano e do Botafogo-RJ até se aposentar em 1969 e se dedicar ao jornalismo, trabalhando no Estado de São Paulo, Revista Veja e Istoé.  Fernando deixa esposa e dois filhos.

Até o momento dessa postagem, o Brasil tem 92.109 casos e 6.410 mortes por Covid-19.


foto: Reprodução/Olimpíada Todo dia
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024 Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco! Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!
To Top