Confederação Europeia se organiza para retomar competições de vôlei de praia no continente - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Confederação Europeia se organiza para retomar competições de vôlei de praia no continente

Compartilhe

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) diz reconhecer os esforços da Confederação Europeia de Voleibol (CEV) para o retorno das competições de vôlei de praia na Europa. Devido à pandemia de COVID-19, a FIVB tem adiado ou cancelado etapas do Circuito Mundial desde março, suspendendo diversos torneios planejados para os meses seguintes.

Segundo a entidade, a CEV “tem buscado uma maneira de retomar as competições de maneira segura, seguindo as recomendações dos especialistas da área médica e das organizações internacionais de saúde”. Inicialmente, a confederação planeja a realização de eventos uma ou duas estrelas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia nos próximos meses. 

Um desses eventos seria a etapa duas estrelas de Klaipeda, na Lituânia. Os organizadores do torneio, originalmente previsto para acontecer entre os dias 02 e 05 de julho, pretendem alterar sua data para o final de agosto, com a confirmação da programação a ser divulgada no início de junho. Caso seja realmente disputada, a etapa de Klaipeda, exclusivamente feminina, será a primeira competição do Circuito Mundial na história a ser disputada em território lituano.

Outro país que pode sediar uma etapa do Circuito pela primeira vez é a Irlanda. A cidade de Bettystown receberia um evento uma estrela masculino entre os dias 17 e 19 de junho. Porém, a Volleyball Ireland, instituição que norteia o voleibol no país, também anunciou o adiamento do torneio para uma data ainda não definida.

A etapa duas estrelas feminina de Larnaka, no Chipre, primeiramente agendada para os dias 10, 11 e 12 de julho, é mais uma que terá sua agenda alterada. De acordo com a CEV, “os organizadores estão atualmente dialogando com autoridades nacionais e locais para adiar o evento até setembro, aproveitando, assim, as boas condições climáticas do longo verão comum à ilha do Mediterrâneo”.

A crise do novo coronavírus já provocou várias alterações no calendário do vôlei de praia mundial. As quatro etapas da Major Series, que ocorreriam em Roma (Itália), Gstaad (Suíça), Viena (Áustria) e Hamburgo (Alemanha), entre os meses de junho e agosto, foram canceladas.

A FIVB também suspendeu a realização de diversas outras etapas do Circuito Mundial. O evento quatro estrelas de Itapema, o mais importante disputado em solo brasileiro, estava previsto para o início deste mês, mas foi adiado e ainda não teve sua nova data anunciada.

Com a decisão do COI de transferir os Jogos Olímpicos de Tóquio para o ano que vem, a FIVB também modificou a data do Mundial de Vôlei de Praia de 2021. Agora, o torneio será disputado em junho de 2022, em Roma. Será a primeira vez que o principal campeonato da modalidade ocorrerá em um ano par.

Foto: FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário