Sumô nos Jogos Olímpicos? Evento planeja atrair público de Tóquio-2020 para a modalidade


Os atletas do sumô marcarão presença nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Mas calma, não se assuste. Eles serão apenas espectadores e estarão a divulgar um dos torneios mais importantes do tradicional esporte japonês, o Grand Sumô, que ocorrerá entre os dias 12 e 13 de agosto, na capital japonesa.

Como o evento está previsto para acontecer logo após o encerramento dos Jogos Olímpicos (09 de agosto), o torneio é a grande chance do tradicional esporte japonês receber os olhares de visitantes olímpicos.

Pensando nisso, a organização planeja disponibilizar comentários em inglês para explicar aos iniciantes as regras das lutas, além de propor interações entre os lutadores e os torcedores.

"É claro que os Jogos Olímpicos e Paralímpicos são os maiores eventos esportivos do mundo, por isso serão boas oportunidades para introduzir a cultura japonesa", disse o vice-presidente do comitê organizador de Tóquio 2020, Toshiaki Endo, em coletiva de imprensa durante um evento promocional ao Grand Judô, na arena Ryogoku Kokugikan.

Se será um momento único para o os atletas do sumô, será ainda mais especial para o mongol Hakuhō Shō. O yokozuna - título ganho por ser um dos maiores campeões do esporte - quer assistir aos Jogos Olímpicos porque seu pai foi um lutador olímpico.

Jigjidiin Monkhbat foi um dos maiores nomes da Mongólia. Ele participou da Olimpíada de Tóquio 1964 e terminou na sétima colocação. Quatro anos mais tarde, na Cidade do México-1968, conquistou a medalha de prata no wrestling.


Mais sobre o sumô

O sumô é uma luta de contato, na qual um lutador tenta forçar o outro a sair do ringue circular ou encostar qualquer parte do corpo no chão que não sejam os pés. O esporte é muito popular e atrai multidões no Japão.

As raízes da modalidade remontam para os rituais xintoístas de boa colheita no século VIII. Mais tarde, foi usada como treinamento de artes marciais para samurais antes de se tornar entretenimento para a população durante o período Edo (1603-1868).

O período Edo trouxe a introdução de regras estilizadas, incluindo os ringues, o uso de panos de lombo, topnots e quimonos e a regulamentação dos combates.

Ao contrário de outros atletas, os lutadores de sumô são considerados artistas vivos e devem ser modelos. Somente homens podem ser profissionais, uma vez que, segundo a tradição xintoísta, as mulheres são impuras e não podem entrar nos ringues. 

Foto: Shizuo Kambayashi/AP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes