Parada das Nações: Croácia - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Parada das Nações: Croácia

Compartilhe

Sigla: CRO
Medalhas na história: O 10 | P 11 | B 12 | Total: 33
No Rio de Janeiro... O 5 | P 3 | B 2 | Total: 10

Como país independente, a Croácia chega na sua oitava Olimpíada. A primeira participação foi em 1992, após a separação da Iugoslávia. Em Pequim 2008 e Londres 2012 o país teve delegações com mais de 100 atletas, mas no Rio de Janeiro, a Croácia só levou 87 atletas. Mas ainda assim, essa foi a melhor participação da Croácia em Jogos olímpicos, com dez medalhas, sendo cinco de ouro.

Esportes fortes:

Handebol: O handebol croata sempre alcançou ótimos resultados em participações nos Jogos. Nas quatro vezes que disputou o torneio masculino, conquistou três medalhas, sendo duas de ouro (1996 e 2004) e uma de bronze (2012).

Polo Aquático: Uma das forças do esporte desde o fim da Iugoslávia, o time masculino da Croácia foi campeão olímpico em Londres 2012 e prata em Atlanta 1996. O país é o atual vice-campeão mundial da modalidade.

Atletismo: O atletismo croata tem sua força nas provas de campo feminina. No Rio de Janeiro, foram três medalhas, todas conquistadas por mulheres.

Sandra Perkovic terá duras adversárias no caminho para o tri olímpico no lançamento de disco  foto: Croatia Week


Destaques: 

Petar Gorsa (tiro Esportivo) : O Croata vai em busca de sua primeira medalha olímpica, em sua quarta participação. Gorsa vem credenciado pelo bom mundial feito em 2018, quando ganhou duas medalhas nas provas de rifle de ar de 10m e 50m três posições.

Sandra Perkovic (atletismo): Maior nome do atletismo do país, Sandra vai buscar o tricampeonato olímpico em Tóquio. No cilco para Tóquio, ela foi campeã mundial em 2017 e bronze em 2019, o que credencia a atleta a pelo menos um pódio olímpico em 2020. Sua disputa contra as cubanas Denia Caballero e Yaime Pérez promete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário