Problemas de tradução atrasam a decisão no caso de doping do nadador Sun Yang - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Problemas de tradução atrasam a decisão no caso de doping do nadador Sun Yang

Compartilhe

O Tribunal Arbitral do Esporte (CAS) informou nesta terça-feira (10) o atraso do veredito sobre o caso de doping do nadador chinês Sun Yang para janeiro. O motivo: problemas de tradução. Segundo o órgão, uma "transcrição escrita acordada" da audiência, incluindo o depoimento da Sun de chinês para inglês, está sendo preparada para auxiliar os juízes que ouviram a apelação na audiência pública realizada no mês passado.

Ouro nos Jogos Olímpicos Londres 2012 e Rio 2016, o nadador está enfrentando um julgamento que coloca em risco sua presença nos Jogos Tóquio 2020. Ele pode ser punido caso os juízes decidam que ele quebrou algum regra de antidopagem ao se recusar a cooperar com as autoridades que visitaram sua casa em 2018 para colher amostrar de sangue e urina.

As regras do tribunal permite que cada parte forneça as suas próprias traduções, mas as que foram trazidas pelos advogados do atleta três vezes campeão olímpico foram substituídas durante o intervalo do almoço por algum integrante da Agência Mundial de Antidoping (WADA).

A WADA apelou contra a decisão da Federação Internacional de Natação (Fina) de uma simples alerta sobre o incidente. A Agência pediu ao tribunal que o nadador receba uma suspensão de dois a oito anos. O caso seria ainda mais delicado pelo fato de Sun ter sido penalizado pelas autoridades chinesas em 2014 após testar positivo para o uso de um estimulante proibido.

Foto: Mark Schiefelbein/Associated Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário