Últimas Notícias

Governos do DF e federal assinam Plano de Segurança para o futebol olímpico


Trinta e um órgãos do governo de Brasília e do Executivo federal assinaram o Plano Tático e Integrado de Segurança Pública e Defesa Civil para os Jogos Olímpicos Rio 2016 em Brasília. O documento define as atribuições de cada instituição para o evento. A solenidade foi conduzida pela secretária da Segurança Pública e Paz Social, Márcia de Alencar.

O plano especifica as ações de cada entidade antes e durante as disputas, de acordo com o estabelecido em protocolos nacionais e internacionais de segurança. A secretária destacou que a organização integrada é essencial para que haja resposta imediata em qualquer situação. “Teremos efetivo suficiente, inclusive no aeroporto, e em comunicação com a rede hoteleira. A operação será maior do que na Copa pela peculiaridade de se ter mais jogos em um período curto."

Brasília sediará dez partidas de futebol durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, entre os dias 4 e 13 de agosto. Além da segurança nesses dias, o plano envolve o Revezamento da Tocha Olímpica — que será iniciado na capital em 3 de maio — e o acompanhamento dos atletas em hotéis, traslados e treinamentos.

A secretária Márcia de Alencar apresentou um comunicado do governo e informou que, a convite de Rollemberg, a viúva de Nelson Mandela, Graça Machel, participará do revezamento da tocha. “O governador quer marcar esse evento como algo que fará de Brasília um ambiente de cultura de paz.”

Telões em tempo real

“Com o plano, a gente desdobra o planejamento operacional específico, com os efetivos e os meios para garantir a ação”, explicou o coronel Paulo Roberto Oliveira, coordenador da Comissão Distrital de Segurança Pública e Defesa para os Jogos Olímpicos, órgão da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social.

A operação para os Jogos Olímpicos será iniciada em 25 de abril, com a chegada do comboio da chama olímpica. As atividades de segurança serão coordenadas no Centro Integrado de Comando e Controle Regional, localizado na Subsecretaria de Integração e Operações da pasta da Segurança Pública e da Paz Social. O espaço conta com 55 telões e sistema de monitoramento em tempo real.

Foto: Brasil 2016

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar