Brasil escalado para Desafio Internacional de Judô contra o Equador - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil escalado para Desafio Internacional de Judô contra o Equador

Compartilhe

O Brasil está escalado para enfrentar os principais judocas do Equador no Desafio Internacional Misto que será realizado no dia 1º de junho, no Ginásio de Esportes da Secretaria de Esportes e Lazer/Vila Olímpica, em Duque de Caxias, região metropolitana do Rio de Janeiro. 

Os equatorianos virão com seus medalhistas do último Campeonato Pan-americano. E o Brasil também está forte para a disputa com Nathália Brigida (48Kg), Phelipe Pelim (60Kg), Veronice Chagas (63Kg), Marcelo Contini (73Kg) e Bárbara Timo (70Kg). O SporTV transmite o Desafio Brasil x Equador, ao vivo, a partir das 18hs.

“Estou muito feliz por poder representar a seleção aqui no Brasil! Foi enfrentar uma adversária difícil mas que eu já conheço bem por ter lutado contra ela outras vezes. Quero fazer uma boa luta e contribuir para que tenhamos uma grande vitória no Desafio”, disse Brigida, que vive ótima fase em 2015, com as pratas no Grand Prix de Samsun e no Aberto de Montevidéu e os bronzes no Grand Slam de Baku e no Aberto de Santiago.

A adversária dela será Diana Cobos, bronze em Edmonton. E os confrontos da categoria ligeiro devem mesmo ser os mais duros, já que no masculino o representante do Equador será Lenin Preciado que também ficou na terceira colocação no Pan-americano do Canadá.

“Estou muito feliz por essa convocação e preparado para lutar! Sei que meu adversário é forte, mas já lutei com ele e, por isso, fica mais fácil para traçar a melhor estratégia para o combate. A minha expectativa é marcar esse ponto para o Brasil e alegrar a torcida que vai encher o ginásio”, disse Pelim, que sagrou-se campeão brasileiro universitário na última sexta-feira  e é o atual campeão brasileiro sênior. Depois de vencer a Terceira Etapa da Seletiva Rio 2016, começou a rodar as competições internacionais este ano e já conquistou  um bronze no Grand Prix de Dusseldorf e um quinto lugar no Grand Prix de Zagreb.


Foto: IJF

Nenhum comentário:

Postar um comentário