Brasil define porta-bandeiras para as Cerimônias de Abertura de Lausanne 2020



O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou os nomes dos atletas que vão carregar a bandeira do país nas duas cerimônias de abertura dos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno 2020, que acontecem nesta quinta-feira, dia 9, a partir das 15h55 (horário de Brasília), com transmissão do Olympic Channel. Em Lausanne, Taynara da Silva, atleta do biatlo e do esqui cross-country, foi a escolhida. Já na subsede de St Moritz, a honraria caberá a Gustavo Ferreira, do monobob. Eles receberam a notícia de Matheus Figueiredo, chefe da Missão brasileira.

“De uma maneira especial nesses Jogos, teremos dois porta-bandeiras por causa da distância entre as sedes. É um momento muito importante para o Time Brasil. Será uma experiência olímpica fantástica para a Taynara e para o Gustavo, que irão carregar a bandeira do Brasil e representar o nosso país diante de toda a comunidade olímpica. São jovens de muito potencial dentro de suas modalidades e não tenho dúvidas de que irão representar muito bem a maior delegação do Brasil em Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno”, disse Matheus.

Na primeira semana de competição, o Brasil terá representantes nas modalidades biatlo e curling, em Lausanne; e bobsled e skeleton, em St. Moritz. A roraimense Taynara da Silva vai liderar o desfile com cinco atletas na Arena Vaudoise. Ela foi 3ª colocada no sul-americano sub 16 (2017); vice-campeã do Circuito Brasileiro de Rollerski sub-20 (2018); e 4ª colocada em prova sul-americana da categoria adulto (2019). Taynara é a única atleta do Brasil inscrita em duas modalidades diferentes nos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno.

“Estou muito feliz. Primeiramente por estar aqui em uma edição de Jogos Olímpicos. E mais ainda por ter sido escolhida para carregar a bandeira do Brasil. Vai ser um momento muito especial para mim”, declarou a atleta de 17 anos, natural de Boa Vista.

Já Gustavo irá à frente de mais dois atletas que estão em St Moritz. O jovem, que já praticou futebol e atletismo, tem tido um crescimento muito grande no bobsled. Em Lausanne 2020, ele disputará o monobob na histórica pista de Olympia Bob Run, berço da modalidade. Durante as etapas classificatórias de Lake Placid (EUA) para os Jogos Olímpicos da Juventude, conquistou o terceiro lugar em ambas as provas.

“Estou muito emocionado e honrado por ter sido escolhido o porta-bandeira em St Moritz. Isso me motiva ainda mais a dar o meu melhor na competição”, disse Gustavo.

O Time Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude de Inverno 2020 conta com 12 atletas, de 6 modalidades: biatlo, curling, esqui cross-country, monobob, snowboard cross e skeleton:

- Noah Bethonico (snowboardcross)
- Manex Silva (esqui cross-country)
- Rhaick Bonfim (esqui cross-country)
- Taynara da Silva (biatlo e esqui cross-country)
- Eduarda Ribera (esqui cross-country)
- Lucas Carvalho (skeleton)
- Larissa Cândido (skeleton)
- Gustavo Ferreira (monobob)
- Gabi Farias (curling)
- Michael Velve (curling)
- Vitor Melo (curling)
- Leticia Cid (curling)

Essa é a terceira edição dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude e Lausanne 2020 contará com um número igual de atletas masculinos e femininos. Cerca de 1.880 atletas, de 70 países, competirão em 8 esportes, sendo 16 disciplinas. Ao todo, são 81 eventos de medalhas durante os 13 dias de competição. Além dos esportes olímpicos de inverno tradicionais, como esqui alpino, biatlo, esqui cross-country, curling, patinação artística, esqui freestyle, hóquei no gelo, luge, combinado nórdico, patinação de velocidade em pista curta, skeleton, salto de esqui, snowboard e patinação de velocidade, Lausanne 2020 contará com outros específicos como monobob e esqui de montanhismo.

Foto: Valter França

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes