SurtoLista - Os colecionadores de troféus do prêmio Brasil Olímpico



O prêmio Brasil olímpico é a maior premiação do esporte olímpico brasileiro e terá em 2019, sua vigésima primeira edição. E dentre todas essas premiações, quais seriam os atletas mais laureados pelo prêmio gerido pelo comitê olímpico brasileiro? Vamos a mai suma edição do surto lista com os atletas com mais conquistas- somando os prêmio de melhor de sua modalidade e o melhor do ano:


- Ana Marcela Cunha, Maratona Aquática


A nadadora de 27 anos é uma verdadeira colecionadora de troféus do prêmio Brasil olímpico. Ela a maior vencedora da modalidade, com oito conquistas de melhor do ano na maratona aquática contra seis de Poliana Okimoto (um detalhe interessante é que desde começou a premiar os melhores atletas da maratona aquática, somente Poliana e Ana Marcela venceram)

Ana Marcela Cunha também tem duas conquistas de melhor atleta do ano, uma em 2015 e outra em 2018. Ana concorre como melhor atleta de 2019 e se vencer ela ultrapassará Daiane dos Santos, Daniele Hypólito, Maureen Maggi e Fabiana Murer e se tornará a maior vencedora do prêmio de melhor atleta do ano entre as mulheres.


- Isaquias Queiroz, Canoagem Sprint


O canoísta de 25 anos é outro que vem monopolizando os troféus na canoagem sprint, com sete prêmios. Mas ele não é o maior vencedor da modalidade: Sebastian Cuattrin,que foi o primeiro nome de destaque do Brasil na modalidade, tem oito conquistas. Já com o prêmio de melhor do ano, ele tem três conquistas (2015,2016 e 2018) e está empatado com Cesar Cielo. Como é um dos finalistas da edição de 2019, se vencer ele se torna o maior vencedor do prêmio entre os homens.


- Fernando Reis, Levantamento de Pesos


Fernando Reis, de 29 anos, criou uma dinastia no levantamento de peso. Com o prêmio de melhor atleta da modalidade, ele conquistou o décimo troféu do PBO. De 2007 para cá, ele só não venceu em 2012, quando Jaqueline Ferreira foi escolhida. Principal nome da modalidade, seu 'reinado' entre os halterofilistas brasileiros parece estar longe de terminar.


- Robert Scheidt, Vela

A lenda dos mares, Scheidt, de 46 anos, foi dominante no prêmio mesmo concorrendo com outra lenda como Torben Grael. Scheidt conseguiu 11 prêmios de melhor do ano na modalidade - oito quando disputava a classe laser e três ao lado de Bruno Prada, quando ambos disputavam a classe star. Scheidt ainda tem o prêmio de melhor atleta masculino do ano de 2001. Atualmente Martine Grael/Kahena Kunze dominam as premiações, mas como Scheidt está bem cotado para disputar sua oitava olimpíada em 2020, quem sabe?


- Yane Marques, Pentatlo Moderno


Yane é a única da lista que está oficialmente aposentada.  A ex-pentatleta de 35 anos teve uma hegemonia impressionante de doze anos consecutivos vencendo o prêmio de melhor atleta do ano no pentatlo moderno, entre 2005 e 2016, o que faz Yane ser a pessoa com mais troféus de prêmio Brasil olímpico empatada com Scheidt. Ela tem duas indicações de melhor atleta do ano em  2012 e 2013, mas perdeu para Sheilla Castro do Vôlei e Poliana Okimoto da Maratona Aquática, respectivamente.


fotos: Exército Brasileiro, COB, Abelardo Mendes Jr/rededoesporte.gov.br

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes