Após brilhante campanha no Pan, Ginástica Artística masculina do Brasil busca vaga em Tóquio 2020 no Mundial


Depois de cumprir uma campanha histórica nos Jogos Pan-Americanos de Lima, quando ganhou oito medalhas (quatro de ouro e quatro de prata), a Seleção Brasileira masculina de Ginástica Artística encara a partir deste domingo (6) seu maior desafio na temporada. A partir das 14h30 (horário de Brasília), no Hanns Martin Schleyer Halle, em Stuttgart, o Brasil disputa a qualificação por equipes do Campeonato Mundial. O time brasileiro tem dois grandes objetivos na competição: assegurar vaga na final e a classificação para a Olimpíada de Tóquio-2020.

Para carimbar o passaporte aos Jogos Olímpicos, o Brasil precisa terminar na classificação geral entre os nove primeiros colocados. Ou entre os 12, desde que China, Rússia e Japão, que se classificaram após o Mundial de Doha-2018, estejam na zona de corte.

O time brasileiro está na subdivisão 4, a última do dia, ao lado de Alemanha, Espanha, Porto Rico, Argentina, além de ginastas do Egito, Bulgária, Qatar, Jordânia e El Salvador.

A Seleção chega bem confiante para buscar a qualificação olímpica por equipe, muito em virtude da campanha obtida no Pan de Lima. O treinador-chefe da Seleção masculina, Marcos Goto, acredita que o desempenho no Peru serviu para demonstrar o potencial da equipe, mas o cenário neste Mundial será muito diferente.

“Os resultados dos Jogos Pan-Americanos foram muito importantes para o Brasil, pois reforçam que a preparação está no caminho certo, porém é importante ressaltar que o nível técnico do Pan é difere de um Campeonato Mundial. Assim não é possível comparar os resultados ou considerá-lo como um parâmetro”, ponderou Goto, lembrando que o foco do time neste domingo será o de buscar a vaga para Tóquio.

“Nossa seleção está trabalhando arduamente em busca do principal objetivo, que é a classificação olímpica. Essa é nossa meta. As finais serão consequência de uma boa apresentação dos atletas, que hoje detém notas de partidas capazes de avançar para uma final”, avaliou o treinador brasileiro.

A ordem de apresentação dos brasileiros neste domingo, por aparelho, é a seguinte:
Barra fixa: Lucas Bittencourt – Caio Souza – Arthur Nory – Francisco Barreto Jr
Solo: Caio Souza – Lucas Bittencourt – Arthur Nory – Arthur Zanetti
Cavalo com alças: Caio Souza – Lucas Bittencourt – Francisco Barreto Jr – Arthur Nory
Argolas: Lucas Bittencourt – Caio Souza – Arthur Zanetti – Francisco Barreto Jr
Salto: Arthur Nory – Lucas Bittencourt – Caio Souza – Arthur Zanetti
Paralelas: Arthur Nory – Lucas Bittencourt – Francisco Barreto Jr – Caio Souza

Foto: CBG

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes