Surto História - O ouro pan-americano da Bailarina do tênis


Antes de assombrar o mundo do tênis no fim dos anos 50, Maria Esther Bueno estreou em jogos Pan-americanos em 1955, na Cidade do México, aos 16 anos. Ao contrário dos jogos olímpicos, o tênis fazia parta do programa pan-americano e Esther saiu do México com uma medalha de bronze nas duplas, jogando ao lado de Ingrid Charlotte Metzner

Em 1959, já brilhando no circuito mundial, não disputou o Pan de Chicago, mas em 1963, já consagrada e com doze títulos de grand slams no currículo, Maria Esther foi uma das grandes estrelas do Pan de São Paulo.

Favorita ao ouro, Maria Esther acabou tendo um grave revés às vésperas dos jogos: ela foi mordida por um cachorro, que acabou ferindo a sua mão direita. Ela levou vários pontos na mão e mesmo assim decidiu competir todos os torneios previstos ( a de simples, a de duplas e de duplas mistas)

Segundo Maria Esther Bueno em entrevista folha de S.Paulo em 2003, os jogos que ela disputou foram fáceis:" Na final venci uma ex-campeã de Roland Garros, uma das melhores jogadoras mexicanas e grande especialista em quadras de saibro, Yolanda Ramirez, por 6/3 e 6/3. " Mas a expectativa de três ouros se reusmiu a apenas um, no torneio de simples. Nas duplas ela foi prata nas duplas ao lado de Mauren Schwartz e nas duplas mistas ao lado de Thomas Koch

Mas a bailarina do tênis, como era chamada, mesmo com todos os grands slams ganhos em sua carreira creditava esse torneio como um dos mais importantes, por ter finalmente disputado uma competição em casa: " Foi muito importante ter tido a oportunidade de jogar e ganhar em São Paulo, minha cidade, um torneio de prestígio como o Pan-Americano. Todos os meus maiores resultados tinham sido fora do Brasil, onde são jogados os principais e mais importante torneios do mundo. Foi uma boa chance de o público poder acompanhar mais de perto minhas performances"

Em 1967, ela encerrou a carreira por conta de uma grave contusão no cotovelo e ainda voltou a competir em 1974 até 76, sem o mesmo sucesso de outrora. Maria Esther Bueno é considerada a maior tenista brasileira da história e uma das maiores esportistas que esse país já viu.

foto: Arquivo/Estadão conteúdo

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes