Era Uma Vez... os XVI Jogos Olímpicos de Inverno: Albertville 1992

Albertville 1992

Período - 8 a 23/02/1992
Nações - 64
Atletas - 1801
Esportes -12
Eventos - 57



Os Jogos de Albertville, que venceu Sofia (BUL) e Falun (SWE), marcou o fim de uma era: a União Soviética havia se dissolvido pouco menos de dois meses (os atletas das nações que faziam parte competiram como a Equipe Unificada), as Alemanhas reunificaram e seria a última vez da Tchecoslováquia antes da separação em República Tcheca e Eslováquia. Seria também, a última vez em que os Jogos de Inverno seriam realizados no mesmo ano dos Jogos de Verão. A decisão havia sido tomada em congresso realizado pelo COI em 1986, e a mudança ocorreu a partir da edição de 1994, em Lillehammer.

E marcou também a primeira vez em que o Brasil enviou atletas para uma Olimpíada de Inverno. No caso, as despesas foram pagas por um fundo do Comitê Olímpico Internacional, que buscava incentivar esportes pouco difundidos nos países que faziam parte da organização. Sete atletas representaram o país na França, todos eles no Esqui Alpino: Marcelo Apovian, Robert Scott Detlof, Hans Egger, Fábio Igel, Christian Lothar Munder, Sérgio Schuler e Evelyn Schuler. O melhor resultado foi de Christian Munder: 41° no downhill.

No quadro de medalhas, a Alemanha levou a melhor sobre a Equipe Unificada: 10 ouros, 10 pratas e 6 bronzes contra os 9 ouros, 6 pratas e 8 bronzes dos unificados. A Noruega empatou com a Equipe Unificada em ouros e pratas, mas acabou perdendo em bronzes: 5.


FATOS:

- Apenas 18 dos 57 eventos foram disputados em Albertville. O restante dos eventos foram disputados em resorts nas proximidades da região

- Seis das nove medalhas de ouro da Noruega em Alberville vieram das mãos dos esquiadores cross-country Björn Daehlie e Vegard Ulvang. Cada um faturou três medalhas de ouro, além de uma prata cada um.


- Kristi Yamaguchi dos Estados Unidos e Midori Ito do Japão se tornaram as primeiras pessoas de descendência asiática a ganhar medalhas olímpicas em patinação artística. Midori Ito tornou-se a primeira mulher a realizar um triple axel na competição olímpica.

- O esquiador suíço Nicolas Bochatay morreu na manhã do dia da final do evento de velocidade, quando colidiu com um veículo de preparação de neve enquanto esquiava em uma pista pública fora da área de competição. O esqui em velocidade na ocasião, era um evento de demonstração. Os atletas atingiam mais de 200 km/h, e pelo perigo da modalidade, nunca mais o esporte apareceu no programa olímpico.

- O finlandês Toni Nieminen levou o ouro no salto em esqui para tornar-se, aos 16 anos, o mais jovem vencedor masculino de um evento de inverno.

-Esqui livre, patinação de velocidade em pista curta e o biatlo feminino entraram no programa de Alberville, e desde então, fazem parte dos Jogos Olímpicos. O tradicional curling ainda demorava a entrar, sendo considerado esporte de demonstração.

- Além do Brasil, estrearam em Albertville Argélia, Bermudas, Honduras, Suzailândia, Croácia, Irlanda e Eslovênia.

- Em Albertville foi a última vez que a patinação em velocidade foi disputado ao ar livre.

Confira o quadro completo de medalhas, logo abaixo: 


 Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze GoldSilverBronze medals.svg
1 Alemanha Alemanha 10 10 6 26
2 Equipa Unificada Equipe Unificada 9 6 8 23
3 Noruega Noruega 9 6 5 20
4 Áustria Áustria 6 7 8 21
5 Estados Unidos Estados Unidos 5 4 2 11
6 Itália Itália 4 6 4 14
7 França França 3 5 1 9
8 Finlândia Finlândia 3 1 3 7
9 Canadá Canadá 2 3 2 7
10 Coreia do Sul Coreia do Sul 2 1 1 4
11 Japão Japão 1 2 4 7
12 Países Baixos Holanda 1 1 2 4
13 Suécia Suécia 1 3 4
14 Suíça Suíça 1 2 3
15 China China 3 3
16 Luxemburgo Luxemburgo 2 2
17 Nova Zelândia Nova Zelândia 1 1
18  Tchecoslováquia 3 3
19 Coreia do Norte Coreia do Norte 1 1
19 Espanha Espanha 1 1
TOTAL 57 58 56 171


Fonte: Wikipédia

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes