Guia do Mundial de Handebol Feminino 2017 - Introdução


O último grande evento de 2017 dos esportes de verão será o 23° Campeonato Mundial de Handebol Feminino, que será realizado entre os dias 1° e 17 de dezembro na Alemanha. Em 22 edições, a Rússia é a maior vencedora com 7 títulos, somando as conquistas da ex-União Soviética. A atual campeã é a Noruega, que conquistou o título em 2015 na Dinamarca. O Brasil possui uma conquista (2013) e junto com a Coreia do Sul são as 2 únicas seleções não europeias a conquistarem um título mundial.

Nesta parte introdutória do guia, saiba como será a fórmula de disputa e quais serão as sedes do torneio:

FÓRMULA DE DISPUTA:

Na primeira fase as 24 seleções serão divididas em 4 grupos com 6 equipes cada, classificando-se as 4 melhores para a fase eliminatória, até chegar aos dois países que disputarão a final. As seleções que ficarem nas duas últimas colocações de seus grupos, disputarão um torneio de consolação chamado "President's Cup", que definirá as posições do 17° ao 24° lugar.

SEDES:


Trier:

Trier (ou Tréveris) é uma cidade histórica da Alemanha e também a mais antiga, localizada no estado da Renânia-Palatinado. A cidade, de 110 mil habitantes, está localizada na região do rio Mosela, divisa com Luxemburgo e norte da França. Tem ruínas romanas antigas como por exemplo a Porta Nigra. Para o Brasil, a cidade enviou imigrantes que chegaram em 1828/1829 na colônia de Rio Negro na então província de São Paulo (hoje divisa do Paraná com Santa Catarina) e também antes disso, para o Vale dos Sinos no Rio Grande do Sul.

A cidade será sede do Grupo A, abrigando 15 partidas. O palco será a Arena Trier, inaugurada em 2003, com capacidade para 4.100 espectadores.


Bietigheim-Bissingen

Possui 42.837 habitantes e está localizada no suboeste da Alemanha, na região administrativa de Stuttgart. A cidade será sede do Grupo B, abrigando um total de 15 partidas. O palco das partidas será a EgeTrahs Arena, inaugurada em 2012 e com capacidade para 4.517 torcedores.


Oldemburgo:

É uma cidade localizada no estado da Baixa Saxônia, no noroeste do país, com uma população de 160 mil habitantes. A cidade será sede do Grupo C, onde está a Seleção Brasileira. O palco das 15 partidas do grupo será a EWE Arena, inaugurada em 2013, que tem capacidade para 5.500 torcedores.


Leipzig:

É uma cidade localizada no leste do país, na região da antiga Alemanha Oriental. É a maior cidade do estado da Saxônia com 560.472 habitantes. É parte do Triângulo Saxão, reginão metropolitana que inclui também as cidades de Halle e Dresden. A Arena Leipzig, inaugurada em 2002 e com capacidade para 6.500 espectadores, será sede dos jogos do Grupo D, onde está a Alemanha, além de 4 partidas da President's Cup (torneio de consolação), 4 partidas das oitavas de final e mais 2 das quartas de final.


Magdeburgo:

A cidade de 230 mil habitantes está localizada na região nordeste do país, sendo capital do estado de Saxônia-Anhalt. O palco dos jogos será a GETEC-Arena, inaugurada em 1996 e tem capacidade para 7.100 pessoas. Será sede de 4 partidas da President's Cup, 4 partidas de oitavas de final e 2 partidas de quartas de final.


Hamburgo:

É a segunda maior cidade da Alemanha e a oitava maior da União Europeia, com população estimada de 1,7 milhão de habitantes. A cidade está situada ao longo do rio Elba. Hamburgo será sede das semifinais e finais do torneio. O palco das partidas será a Barclaycard Arena, inaugurada em 2002 e com capacidade para 13 mil pessoas.

Na próxima parte do guia, vamos falar das equipes que compõem o Grupo A do torneio.

Fotos: IHF

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes