Era Uma Vez...Os Jogos da XXIV Olimpíada

Seul 1988


Período - 17/09 a 02/10/1988
Nações - 159
Atletas - 8465
Esportes - 27
Eventos - 237






Os Jogos de 1988 foram disputados em Seul (KOR), uma nação que se tornou democrática para receber o mundo durante as Olimpíadas. Coréia do Norte, Cuba, Nicarágua, Madagascar e Etiópia boicotaram os Jogos, por causa da recusa do pedido da Coreia do Norte, que queria sediar parte dos Jogos e foi negado pelo COI. Albânia e Seychelles também não compareceram, mas, apesar disso, novos recordes foram estabelecidos: O número de nações participantes (159), o número de nações que ganharam medalhas (52) e o número de nações que ganharam medalhas de ouro (31).

A Coréia do Sul foi capaz de organizar Jogos espetaculares, que deixaram, sobretudo, lucros de cerca de US$ 350 milhões. Nesses Jogos, tivemos a volta do confronto entre União Soviética e Estados Unidos pelo primeiro lugar no quadro de medalhas, confronto que foi o último entre os dois países, já que a União Soviética seria dissolvida em 1991. Essa também foi a última participação da Alemanha Oriental.

Para abrigar a Olimpíada, o governo sul-coreano construiu 22 instalações esportivas. Entre todas, merece destaque o estádio de atletismo (com capacidade para 100 mil espectadores), dotado de diversos avanços tecnológicos.

O Brasil nos Jogos Olímpicos 
O Brasil participou com 171 atletas, em 21 esportes: Atletismo, Basquete, Boxe, Ciclismo, Esgrima, Futebol, Ginástica, Hipismo, Iatismo, Judô, Levantamento de Peso, Luta Olímpica, Nado Sincronizado, Natação, Remo, Saltos Ornamentais, Tênis, Tênis de Mesa, Tiro com Arco, Tiro Esportivo e Vôlei.

Em Seul, o Brasil ganhou 6 medalhas: Ouro com Aurélio Miguel (Judô até 95 kg); Prata com Joaquim Cruz (Atletismo - 800m) e o Futebol Masculino; Bronze: Robson Caetano (Atletismo - 200m), Lars Grael/Clinio Freitas (Iatismo - classe Tornado) e Torben Grael/Nelson Falcão (Iatismo - classe Star). O país ficou em 24º lugar no quadro de medalhas.

 FATOS
- 33 recordes mundiais e 227 recordes olímpicos foram estabelecidos em Seul.

- Steffi Graf venceu o torneio de simples feminino do tênis, tornando-se a primeira tenista da história (e única até hoje, entre homens e mulheres) a conquistar o Golden Slam real (vencer Australian Open, Roland Garros, Wimbledon, US Open e o torneio olímpico no mesmo ano)

- A esgrimista sueca Kerstin Palm tornou-se a primeira mulher a participar de sete edições consecutivas dos Jogos Olímpicos, sem conquistar medalhas em nenhuma delas.

- O americano Greg Louganis conquistou duas medalhas de ouro nos saltos ornamentais, mesmo tendo batido a cabeça no trampolim na primeira eliminatória.

- Naim Süleymanoğlu, nascido na Bulgária e naturalizado turco, dominou a categoria até 60 kg do halterofilismo. Com apenas 1,54 metro de altura, ele quebrou os recordes mundiais do arranque (152,5 kg), do arremesso (190 kg) e, consequentemente, do somatório (342,5 kg), alcançando um resultado suficiente para conquistar a medalha de ouro até mesmo na categoria de peso acima da sua.
- O Tênis retornou ao programa Olímpico após 62 anos e o Tênis de Mesa fez sua estreia em Olimpíadas.

- Ben Johnson (CAN) venceu os 100m rasos com direito a recorde mundial, mas ele testou positivo para esteroides, sendo desclassificado. Com isso, Carl Lewis (USA) foi promovido a medalha de ouro, se tornando o primeiro atleta a vencer os 100m duas vezes e o primeiro atleta do salto em distância a ganhar duas medalhas de ouro.

- Na natação, Kristin Otto (GDR) ganhou seis medalhas de ouro (50m livres. 100m livres, 100m costas, 100m borboleta, 4x100m livres, 4x100m medley), mas suas vitórias ficaram manchadas após a descoberta de que a atleta se dopava.

QUADRO DE MEDALHAS

                 OURO  PRATA  BRONZE
URS            45           38           28
GDR            37           35           30
USA            36           31           27
KOR           12           10           11
GER            11            14          15
HUN           11             6             6
BUL            10            12           13
ROM            7             11            6
FRA              6              4            6
ITA               6              4             4
BRA             1              2             3

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes