Medalhista no Mundial, Marcos Macedo faz história e já foca em 2015


Após a conquista da medalha de Ouro, no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta, realizado em Doha (Qatar), o potiguar Marcos Macedo faz história na modalidade em seu estado. A conquista veio em conjunto, no revezamento 4x100m medley, junto com os grandes nomes da natação brasileira Cesar Cielo, Felipe França e Guilherme Guido.

Agora, sem muito tempo pra descansar, já parte para treinos com seu técnico Rodrigo Vilar, com foco na seletiva que dará vaga aos Jogos Pan-americanos Toronto 2015, além de se qualificar ainda mais para o Campeonato Mundial de Natação (dessa vez, em piscina olímpica) na Rússia.



O nadador comenta essa façanha na sua carreira, que também marcou o esporte no país,já que o Brasil conquistou o topo no quadro geral de medalhas: “Eu estava falando com meu técnico Rodrigo que a gente não pode dizer que foi inesperado. A gente se preparou, planejou e fez tudo para que acontecesse. No momento, a sensação é até difícil de descrever. Na hora, você pensa: 'Fiz o que era para fazer, deu tudo certo e aí todo o esforço foi recompensado'. É uma sensação mesmo muito boa, mas difícil de descrever. Vários amigos, pessoas que estão ao meu lado há tanto tempo, sabem o quanto leva para a gente se preparar para uma competição dessa. Eu sei que esse resultado não foi o que fiz nos últimos meses. Veio toda uma preparação, tudo aquilo que eu já fiz nos últimos 10 ou 15 anos. Então, todo esse filme passa na minha cabeça”.

Você lembra tudo, alguns percalços, algumas coisas boas. Um momento desse você lembra e fala: 'Valeu a pena'. Agora, é comemorar e pouco depois voltar a trabalhar, porque tem muito mais por vir”, completa.

Para Rodrigo, treinador de Marcos, a ‘ficha ainda não caiu’ da conquista do Ouro. ”Ainda estou meio eufórico, sem acreditar. A ficha demora um pouco a cair. Não é da noite para o dia que você consegue ter um atleta campeão do mundo e que faz parte de um revezamento tão forte como foi o do Brasil. Foi extraordinário assistir junto com a minha filha. Eu beijei a televisão. Explodi, na verdade”, diz o treinador, entusiasmado.



Fonte: globoesporte.globo.com

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes