Brasil vence o Canadá e está na final da Copa América sub18 de basquete masculino





Foi de virada e com emoção até o último segundo, que o Brasil superou o Canadá 78 x 77 neste sábado (11) e garantiu vaga na final da Copa América sub18 de Basquete masculino, em Tijuana, México. A equipe de Vitor Galvani enfrentará na decisão Argentina ou Estados Unidos, neste domingo (12), às 21h. A final poderá ser acompanhada ao vivo do pelo facebook da CBB e também pela CBB TV.

Brasil começou o primeiro tempo sofrendo pressão adversária e chegou a ficar 18 pontos atrás do placar. Mas a boa recuperação no terceiro quarto e a eficiência ofensiva foram cruciais para a vitória brasileira.

Reynan e o canadense Vasean Allete foram os cestinhas da partida com 22 pontos cada, além de servirem 5 assistências para suas respectivas equipes. Caldeira com 16 pontos e o canadense Michael Nwoko com 15 pontos também foram destaques importantes do jogo. 

Estatística brasileira:

Reynan Camilo - 22 pontos / 5 rebotes/ 5 assistências
Gabriel Caldeira - 16 pontos / 5 rebotes / 1 assistência
Du Klafke - 14 pontos / 8 rebotes / 2 assistências

O jogo

No primeiro quarto os canadenses foram mais eficientes no ataque. O Brasil cometeu alguns e não conseguiu se impor ao forte volume do adversário que fechou em 30 a 17. No segundo, ainda com dificuldades para se encontrar no jogo, a seleção brasileira continuou atrás no placar e, mesmo com bons lances ofensivos, viu os os canadeses fecharem em 48 a 30.


A reação brasileira já se desenhava com tudo no terceiro quarto. Caldeira, que tinha saído do banco no segundo período, trouxe mais volume ofensivo para o Brasil que encostou no placar e fechou com uma diferença de apenas um ponto com 60 a 61 para o adversário.


No período final, as duas equipes travaram equilíbrio, com alternância de posse de bola e muito volume de jogo. A eficiência no ataque foi comprovada no placar. Caldeira cravou cesta de 3 pontos em momento crucial e colocou o Brasil a frente pela primeira vez na partida com 73 a 71. Reynan aumentou a vantagem e com 75 x 71, o adversário pediu tempo. Mas não foi suficiente para reagir e a seleção brasileira, em grande performance, fechou em 78 a 77.



Foto: Divulgação/FIBA Américas

Postar um comentário

To Top