Brasil garante pelo menos um surfista na final da etapa de El Salvador da WSL


O Brasil conseguiu nesta quinta (16), colocar três surfistas nas semifinais da etapa de El Salvador da WSL (Liga Mundial de sufe). São eles: Filipe Toledo, Ítalo Ferreira e Gabriel Medina. Além disso, Filipinho garantiu o uso da lycra amarela na etapa do Rio de Janeiro.


Filipe e Ítalo se enfrentarão, enquanto Medina enfrentará o estadunidense Griffin Colapinto na primeira semifinal. As semis terão transmissão do Sportv 3 e do Youtube da WSL.


A bateria de Gabriel foi tranquila, com ele somando duas ondas regulares, 6.33 e 6.17, totalizando 12.50 contra 6.50 (5.50 + 1.00) do australiano Jack Robinson, vice líder do campeonato.


Filipe Toledo foi sublime na sua bateria e com um surfe excelente, deixou Callum Robson (AUS) precisando de combinação após somar 8.50 e 8.17, contra 5.57 e 5.00 do seu adversário.


Já Ítalo teve uma bateria nivelada no alto e justificou o apelido de "brabo", fazendo duas ondas excelentes e a maior nota do dia, um 8.80, junto de um 8.67, fazendo 17.47 a 16.10 contra o australiano Ethan Ewing.

Confira como foram as oitavas

Filipe e Yago fizeram uma bateria muito disputada e de nível muito alto, mas o líder do campeonato encaixou as melhores ondas. Primeiro, ele fez um 7.93 e depois juntando uma batida no lip, um aéreo e um floater, ele tirou 8.33, a melhor nota do dia e conseguiu a classificação.



Medina foi melhor que Caio durante toda a bateria e conseguiu a segunda maior nota do dia, conectando bem manobras progressivas e ainda conseguiu um aéreo de rotação completa, para levar 8.17 dos juízes.


Sua nota de backup era um 7.83 e com isso, ele somou 16.00 contra 11.23 de Ibelli, que somou 5.73 e 5.50. Já Ítalo venceu o australiano Conor O'Leary por 14.73 (7.83 + 6.90) a 13.43


Escolhendo mal as ondas, Jadson André saiu em 17º, após perder para o australiano Callum Robson por 12.00 (6.50 + 5.50) a 9.20 (5.07 + 4.13). 


Os irmãos Pupo também acabaram eliminados na repescagem. O mais velho, Miguel, perdeu para o estadunidense Jake Marshall por 9.26 a 8.20 e o mais novo, Samuel, perdeu nos segundos finais. O brasileiro não usou sua prioridade e com isso, o australiano Connor O'Leary virou e conseguiu a classificação, deixando o resultado final em 12.63 (6.63 + 6.00) a 12.53 (6.53 + 6.00)


Tatiana Weston-Webb perdeu na repescagem para a australiana Stephanie Gilmore por 14.40 a 9.13 e foi eliminada. O resultado liga o sinal de alerta para a atual vice-campeã do mundo, que se distancia com isso das cinco primeiras e vai ficando longe da WSL Finals. 


Foto: Pat Nolan/ WSL

Postar um comentário

To Top