Primeiro cubano ouro no boxe dos Jogos Olímpicos morre aos 75 anos

 


Orlando Martinez, primeiro cubano a ser medalha de ouro olímpico no boxe, conquistado em Munique 1972, faleceu aos 75 anos na quarta-feira (22).

O ex-boxeador vinha sofrendo com Mal de Alzhaimer.

Martinez é contemporâneo de uma das maiores estrelas do boxe cubano, Teofilo Stevenson que também conquistou ouro na categoria meio pesado em 1972 na cidade alemã de Munique.

Em Cuba essa medalha foi festeja como o primeiro ouro olímpico da revolução liderada por Fidel Castro.

Em sua trajetória olímpica começou na edição do México em 1968, onde foi eliminado na primeira luta. Em Munique-1972, fez uma campanha perfeita e alcançou o ouro com cinco vitórias e na última edição que disputou em Montreal 1976, não conseguiu defender seu título e foi eliminado na segunda luta.

Foto: Divulgação

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top