Prefeito da Vila Olímpica, Saburo Kawabuchi garante busca por Jogos seguros


Foto: Miki Chishaki




Com tantas incertezas rondando a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o prefeito da Vila Olímpica do evento, Saburo Kawabuchi garantiu a busca por uma organização que leve sempre em consideração a segurança da saúde de atletas, equipes, oficiais e voluntários.





Kawabuchi, ex-presidente da Associação de Futebol do Japão, disputou os Jogos Olímpicos de Tóquio em 1964. Ele comentou em entrevista à agência de notícias local, Kyodo News, sobre sua relação com o evento quadrienal e avaliou seu papel na edição que será realizada em 2021, após o adiamento devido à pandemia de coronavírus.





"É quase um milagre ser o chefe da vila olímpica 57 anos depois de jogar futebol nos Jogos de Tóquio em 1964”, disse Kawabuchi.





“Parece que me foi dado um último papel importante a desempenhar no resto da minha vida. Quero que os atletas entendam que usar máscara, gargarejar e higienizar as mãos será essencial. Queremos criar um ambiente seguro para eles se socializarem”, acrescentou.





O ex-dirigente se posicionou contra qualquer possibilidade de se realizar os Jogos Olímpicos sem a presença de público, comparando a falta de pessoas com um “alimento sem tempero”.





“Ter os melhores atletas do mundo competindo sem público seria como preparar uma refeição sem tempero. São os fãs que proporcionam a emoção e fazem com que os atletas queiram dar o seu melhor. Os fãs dão-lhes a força de exceder em muito o que nós imaginamos ser possível".





Os Jogos Olímpicos de Tóquio serão realizados entre os dias 23 de julho e 8 de agosto. Em seguida ocorrem os Jogos Paralímpicos, entre 24 de agosto e 5 de setembro.


Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem