Cori Gauff: "É triste que eu esteja aqui protestando contra a mesma coisa que minha avó há mais de 50 anos" - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Cori Gauff: "É triste que eu esteja aqui protestando contra a mesma coisa que minha avó há mais de 50 anos"

Compartilhe

A jovem tenista Cori Gauff, de 16 anos, participou de mais um protesto, desta vez em sua cidade natal, Delray Beach, na Flórida, após a morte do ex-segurança George Floyd, um homem negro que foi morto após um policial branco ajoelhar-se em seu pescoço por quase 10 minutos. Cori clamou por mudanças e lamentou o fato de ter que continuar protestando por algo que sua avó, Yvonne Odom, já protestava há 50 anos. 

"É triste que eu esteja aqui protestando contra a mesma coisa que ela há mais de 50 anos", declarou Gauff, que relembrou casos de violência e morte de pessoas negras. 

“Eu tinha oito anos quando Trayvon Martin foi morto. Então, por que eu estou aqui aos 16 anos ainda exigindo mudanças?”, questionou Gauff, dias após de postar um vídeo nas mídias sociais, no qual ela prometeu usar sua voz para combater o racismo.

"Isso parte meu coração porque estou lutando pelo futuro por meus irmãos. Estou lutando por um futuro para meus futuros filhos, lutando pelo futuro para meus futuros netos", apontou a tenista norte-americana. 

A morte do adolescente negro Trayvon Martin, ocorreu em 2012 e a partir disso, desencadeou o movimento ativista "Black Lives Matter" que luta contra o racismo e a violência contra pessoas negras. 

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário