Treinador da Grã-Bretanha em 2012 comenta sobre a não convocação de David Beckham - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Treinador da Grã-Bretanha em 2012 comenta sobre a não convocação de David Beckham

Compartilhe

Stuart Pearce , treinador da seleção britânica de futebol masculino em 2012, acredita que sua decisão de deixar David Beckham fora da equipe levantou as discussões de sua demissão do cargo. Em entrevista à rádio Taksport no início do mês, Pearce comentou sobre a grande pressão da escolha.

"Foi a decisão mais difícil que já tomei na minha vida", disse Pearce, ex-jogador da Premier League e da seleção da Inglaterra. Para ocupar três vagas para jogadores acima da idade máxima permitida, Pearce convocou Ryan Giggs, Craig Bellamy e Micah Richards, deixando Beckham de fora, com 37 anos na época.

“Eu queria David no esquadrão. Eu queria que ele jogasse bem o suficiente para dar o exemplo para o resto dos jogadores daquela equipe com a maneira como ele se comporta, tudo o que ele havia feito para levar os Jogos Olímpicos a este país”, disse Pearce.

“Eu estava desesperado por David estar naquele plantel, mas eu também, sendo o homem do futebol em mim, queria que fosse um campo de jogo justo para todos os jogadores, por isso só estaria em minha mente escolhido por habilidade" acrescentou.

"Eu estava encurralado em um canto de várias maneiras e não consegui pegá-lo apenas porque sabia que aguentaria o esquadrão se o fizesse" disse o treinador. A última partida de Beckham pela Inglaterra tinha sido em 2009. Ele saiu do Real Madrid para o Los Angeles Galaxy em 2007 e ajudou o clube a vencer a Copa da MLS de 2011.

Pearce continuou dizendo que acreditava existir conversas "pelas minhas costas" entre o agente de Beckham e a Federação Inglesa de Futebol sobre ele ser o capitão da equipe olímpica. Obviamente, isso teria acontecido antes da surpreendente decisão de Pearce, um mês antes dos Jogos.

“E até acredito, pelo que pude perceber, que, uma vez que uma decisão foi tomada por mim mesmo de que ele não estaria no esquadrão, foi até mencionado na Downing Street se era a decisão certa ou não, se eles deveria me substituir como gerente ", disse Pearce,"o que eu entendo perfeitamente, você sabe."

Em 2012, Beckham, que participou do processo de candidatura de Londres para receber os Jogos, emitiu um comunicado sobre a decisão. "Todo mundo sabe o quanto jogar para o meu país sempre significou para mim, então eu ficaria honrado em fazer parte desse time único do Team GB".

Foto: Dominic Lipinski/PA Wire

Nenhum comentário:

Postar um comentário