Fabiana admite que pode encerrar a carreira antes dos Jogos de Tóquio em 2021 - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Fabiana admite que pode encerrar a carreira antes dos Jogos de Tóquio em 2021

Compartilhe


A central bicampeã olímpica Fabiana pode não estar presente com a seleção feminina em Tóquio. Em uma live com a ex-líbero e hoje comentarista Fabi Alvim, Fabiana revelou que, apesar de concordar, ficou triste com o adiamento dos Jogos para 2021 e que não sabe se continuará jogando até lá

"Sinceramente, essa notícia para mim foi bem triste, esse adiamento das Olimpíadas. Quando eu estava no Japão, já estavam comentando por alto, e aí aconteceu. Mas quando se fala de um ano a mais na vida de um atleta tudo pode mudar. Tudo pode ser diferente." disse

Fabiana, de 35 anos, tinha planejado jogar os Jogos de Tóquio em 2020 e em seguida encerrar a carreira para realizar outros objetivos, como ser mãe e iniciar uma faculdade de psicologia. 

"Ainda não tomei uma decisão concreta se vou jogar. Eu acho que estou deixando as coisas acontecerem um pouco. Ainda estou muito chateada quando toco nesse assunto, porque realmente foi uma coisa que me pegou, mexeu comigo, não tem como. Até porque estava com uma coisa na cabeça. Mas eu ainda não tomei uma decisão. Converso com meu esposo direto, com minha família, que é quem mais importa. Recebi várias propostas de equipes do brasil e de fora, mas pedi mais um tempo".

Se for aos Jogos de Tóquio, Fabiana pode chegar a sua quinta Olimpíada, igualando a ex-levantadora Fofão. Apesar da expectativa de obter um feito tão marcante, ela se mantém reticente.

"Não sei te dizer se vou estar na seleção ainda. Sinceramente, estou deixando as coisas acontecerem" concluiu.

foto:FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário