Tóquio não aprova a ideia do COI que muda as provas de maratona olímpica de 2020 para Sapporo


O Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgou na quarta-feira (16) a intenção de mudar as provas da maratona olímpica de Tóquio para a cidade de Sapporo no norte do país. Essa atitude foi tomada após o Mundial de Atletismo Doha 2019, que registrou altíssimas temperaturas durante as provas que prejudicou o desempenho dos atletas (muitos sem concluírem os trajetos), mesmo com as disputas começando próximas à meia-noite. 

A sugestão é a mudança das provas de maratona para a cidade de Sapporo, no norte do país, devido as altíssimas temperaturas em Tóquio no período quando serão disputados os Jogos. "Tomamos isso como uma honra", disse o prefeito de Sapporo, Katsuhiro Akimoto. A cidade já concorreu para ser sede dos Jogos de Inverno de 1972 e almeja receber a edição de 2030 do evento.

Já o governo de Tóquio não gostou muito da informação, principalmente com os esforços feitos para viabilizar a corrida na capital nipônica. "Estamos muito surpresos ao saber dessa mudança repentina de direção" comentou Yuriko Koike, governador de Tóquio. Apesar disso, os organizadores entende o raciocínio do COI em evitar o calor escaldante do verão da sede dos Jogos. "É claro que a abordagem em primeiro lugar do atleta é extremamente importante", disse o governador.

O presidente do Comitê Organizador Loca, Toshiro Mori, não enxerga outra saída a não ser aceitar a proposta, que soou como uma decisão já estabelecida. "Podemos dizer não ao plano que o COI e a Associação Internacional de Atletismo (IAAF) já apoiaram?", Disse Mori. "Não é uma questão de bom ou ruim, mas apenas temos que aceitá-la."

No cronograma atual, as provas em Tóquio começariam às 6h da manhã para amenizar o efeito do calor nos corredores. Já a marcha atlética masculina de 50km está prevista para ter seu início as 5h30min. O COI afirmou que a decisão final será tomada após a visita dos inspetores a Tóquio em uma reunião realizada de 30 de outubro até 1º de novembro.

Foto: Yohei Fukai / Kyodo News via AP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes