CBAt comemora bom desempenho no Pan-Americano Sub-20 de Atletismo


A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) comemorou o bom desempenho da equipe no 20º Campeonato Pan-Americano Sub-20 de Atletismo, encerrado domingo (21/7), no Estádio Nacional de San José, na Costa Rica. Afinal, com uma equipe de apenas 25 representantes, sendo 17 homens e 8 mulheres, a equipe conquistou 9 medalhas nos três dias do evento (2 de ouro, 1 de prata e 6 de bronze), superando a campanha de 2017, em Trujillo, no Peru, quando também alcançou nove medalhas, mas apenas uma de ouro (3 de prata e 5 de bronze).

Mais do que medalhas, porém, a CBAt comemora o bom resultado de vários atletas, que apontam para um futuro promissor. A equipe masculina do revezamento 4x400m, por exemplo, formada por Lucas Rodrigues, Bruno Benedito, Lucas Conceição Vilar e Douglas Hernandes, medalha de bronze, quebrou o recorde brasileiro e sul-americano das categorias sub-20 e sub-23, com 3:02.84.

Alison Brendom Alves dos Santos (Pinheiros) quebrou pela quarta vez o recorde sul-americano sub-20 dos 400m com barreiras na temporada ao vencer a prova, com o tempo de 48.49, recorde do campeonato, melhor resultado do Ranking Sub-20 da IAAF de 2019, o terceiro melhor da história na categoria, e o quinto melhor tempo no Ranking Adulto da Federação Internacional. Alison disputa os Jogos Pan-Americanos de Lima, entre 6 e 10 de agosto para as provas de pista.

Na prova feminina dos 400m com barreiras, Jéssica Vitória de Oliveira Moreira (Águias Guariba) também brilhou ao vencer com 55.94, novo recorde do torneio, brasileiro sub-23, e sul-americano sub-20.

Outro bom resultado foi o de Lorraine Martins (CD-DEO), que quebrou o recorde brasileiro dos 200m para ganhar a medalha de bronze, com 23.06 (1.4). O recorde anterior era de Vitória Rosa, com 23.11.

Além das nove medalhas, a Seleção Brasileira obteve seis quarto lugares na competição: Lorraine Martins, nos 100 m, com 11.55 (-1.4), Chayenne Pereira da Silva (EMFCA), nos 400 m com barreiras, com 57.55, Lissandra Campos (Instituto Vicente Lenílson), no salto em distância, com 5,99m (2.4), Adrian Henrique Vieira (SESI-SP), no distância, com 7,39m (0.9), Vinícius Fernando Catai (IEMA/São Bernardo), nos 110m com barreiras, com 13.63 (2.7), e Caio de Almeida Teixeira, nos 400m com barreiras, com 50.31.

"Estou muito contente com os resultados e principalmente pelo empenho de todos. Foi nossa melhor campanha na competição. Todos estes resultados acontecem em função dos apoios da Caixa e COB, os grandes responsáveis por nosso financeiro. Parabenizo os clubes, federações, treinadores e atletas", disse o presidente do Conselho de Administração da CBAt, Warlindo Carneiro da Silva Filho.

Foto: CBAt

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes