Natália Falavigna celebra melhor campanha da história do Taekwondo em Pans: 'Estamos no caminho certo'


O taekwondo brasileiro brilhou nos Jogos Pan-americanos de Lima, no Peru. Nesta segunda-feira (29), a equipe fechou sua participação no evento esportivo com sete medalhas, em oito possíveis, sendo dois ouros, duas pratas e três bronzes. 

O resultado na capital peruana supera o Pan do Rio de Janeiro, em 2007, quando o Brasil conquistou um ouro, duas pratas e um bronze. Além disso, pela primeira vez o país conquistou duas medalhas douradas numa mesma edição. O ineditismo também foi para o feminino, que nunca havia subido no topo do pódio em Jogos Pan-americanos.

Natalia Falavigna, chefe de equipe da modalidade em Lima e prata no Pan do Rio, fez uma avaliação emocionada sobre a participação do Taekwondo: “Estou muito feliz, o taekwondo brasileiro está em festa. Os resultados mostram que estamos no caminho certo. Sabíamos do nosso potencial, trabalhamos em conjunto com o Comitê Olímpico do Brasil para buscar isso. Essas conquistas são dos atletas, dos treinadores, da confederação, de todos que torcem. É um resultado construído a muitas mãos”, disse uma emocionada 

O Taekwondo brasileiro conquistou dois ouros (Milena Titoneli, até 67kg e Edival 'Netinho' Marques até 68 kg), duas pratas (Ícaro Miguel até 80kg e Talisca Reis até 49 kg) e três bronzes (Paulo Ricardo até 58 kg, Maicon Andrade acima de 80 kg e Raiany Fidelis acima de 67kg)

foto: Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes