Mundial de Esportes Aquáticos 2019 - Dia 11


Aos 39 anos, Nicholas Santos conquistou nesta segunda-feira (a terceira medalha do Brasil no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo disputado em Gwangju (KOR), ao chegar no pódio na Coreia do Sul.

NATAÇÃO
Brasileiros
Nicholas Santos ganhou a sua terceira medalha seguida em mundiais ao faturar o bronze na prova dos 50m Borboleta.

O brasileiro marcou o tempo de 22.79s, ficando atrás de Caeleb Dressel (USA), que venceu com o tempo de 22.35s e de Oleg Kostin (RUS), que levou a prata com  a marca de 22.70s.

Foi a terceira medalha seguida de Nicholas em Mundiais de Esportes Aquáticos, são duas pratas e agora o primeiro bronze.

Guilherme Guido avançou para a final dos 100m Costas com o 7º tempo, ao marcar 53.23s.

Entre os demais brasileiros, Fernando Scheffer foi eliminado na semifinal dos 200m Livres ao ficar com a 9ª marca (1:45.83), enquanto Breno Correia não passou a eliminatória da mesma prova, ao ficar em 17º geral.

Viviane Jungblut foi a 20ª melhor na fase preliminar dos 1500m, 16:36.25 e não foi para a final.

Pena de Gabriel Santos por doping é revista
A pena do nadador Gabriel Santos por doping foi revista pela FINA de 8 meses para 1 ano. Assim, o brasileiro está fora da seletiva do Brasil para os Jogos Olímpicos de 2020.

Gabriel tem 21 dias para recorrer da punição junto a Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Canadense quebra invencibilidade de Sjoestroem
Nas demais finais, Margaret MacNeil (CAN) quebrou a sequência de três títulos mundiais de Sarah Sjoestroem (SWE) ao vencer os 100m Borboleta feminino com a marca de 55.83s.

Já Katinka Hosszu (HUN) manteve a invencibilidade nos 200m Medley feminino ao levar o tetra com o tempo de 2:07.53.

Adam Peaty (GBR) segue imbatível e ganhou os 100m Peito masculino com o tempo de 57.14s

HIGH DIVING
No High Diving feminino, Jacqueline Valente avançou para a final com um total de 113.50 pontos na 8ª colocação. Nesta segunda (22) acontecerão os dois últimos saltos.

QUADRO DE MEDALHAS
A China mantém a ponta no quadro, com 14 ouros (26 no total), deixando a Rússia ainda em segundo com 9 ouros 916 no total).

A Austrália ocupa o terceiro posto, com 3 ouros (7 medalhas).

O Brasil agora está em 6º, com três medalhas: 2 ouros de Ana Marcela Cunha e um bronze de Nicholas Santos.

Foto: AFP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes