Thomas Bach diz que tensão política não irá afetar participação das Coreias em Tóquio


Discussões sobre equipes coreanas unificadas e marchando juntas na Cerimônia de Abertura de Tóquio 2020 continuarão, apesar de um aparente colapso nas relações diplomáticas entre o Norte e o Sul, disse o presidente do COI, Thomas Bach.

Na última semana, o Norte retirou abruptamente todo o seu pessoal do escritório de ligação conjunta na cidade fronteiriça de Kaesong, perto da zona desmilitarizada.

A decisão seguiu uma decisão dos EUA de sancionar duas empresas chinesas por fazerem negócios com Pyongyang depois que as negociações entre o líder norte-coreano Kim Jong Un e o presidente dos EUA, Donald Trump, em Hanói, no mês passado terminaram cedo e sem acordo.

Funcionários da Coréia do Norte já retornaram ao cargo depois que Trump ordenou o levantamento das sanções, mas a ação demonstrou a frágil natureza do relacionamento entre a Coréia do Sul e seu vizinho, que ainda está tecnicamente em guerra.

Bach, no entanto, revelou que o COI não interromperia as conversações com os Comitês Olímpicos Nacionais na Coreia do Norte e do Sul.

Ambos os países esperam reunir times unificados em vários esportes.

O Comitê Esportivo e Olímpico da Coréia do Sul afirma que tem tentado organizar sessões conjuntas de treinamento com a Coréia do Norte.

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes