Comitê Olímpico da Austrália se irrita com falta de investimento no esporte olímpico no orçamento federal

O Comitê Olímpico Australiano (AOC) expressou seu profundo desapontamento com a "falta de investimento significativo" para beneficiar a participação e o alto desempenho nos esportes olímpicos no orçamento federal do país.

O governo australiano anunciou um pacote de 385,4 milhões de dólares australianos para o esporte e atividade física no Orçamento Federal para 2019-2020.

O pacote, anunciado pelo Tesoureiro Josh Frydenberg, tinha como objetivo desenvolver seu plano Sports 2030, anunciado como um esforço para tornar a Austrália "a nação esportiva mais ativa e saudável, conhecida por sua integridade e sucesso esportivo".

O financiamento destina-se a incentivar os australianos a aumentar sua participação no esporte e melhorar a infraestrutura esportiva.

Isso inclui 41 milhões de dólares para o crescimento do Programa Escolas do Esporte na intenção de fornecer atividades esportivas gratuitas para os estudantes.

A Sport Australia e o Australian Institute of Sport (AIS) devem receber 158 milhões do financiamento para apoiar as iniciativas de participação da comunidade através de apoio adicional aos atletas australianos de alta performance.

Outros 54 milhões serão investidos em esportes de alta performance para os percursos e bem-estar dos atletas, enquanto os programas de infraestrutura da escola e da comunidade serão expandidos.

"Este financiamento cria uma oportunidade incrível para o esporte, desde crianças aprendendo a jogar e sendo ativas até atletas talentosos representando e inspirando a nação", disse John Wylie, presidente da Sport Australia.

"É uma das maiores injeções de financiamento no esporte australiano em anos."

O presidente-executivo da AOC, Matt Carroll, deu as boas-vindas ao financiamento de 54 milhões, mas expressou preocupação com o apoio do esporte olímpico de alto rendimento.

Ele alegou que o financiamento foi pequeno em comparação com os 100 milhões alocados diretamente para os clubes de futebol do país.

"Os 54 milhões certamente beneficiarão os esportes olímpicos, mas são mais de dois anos e, à primeira vista, é impossível identificar qualquer financiamento significativo direto para a família de 40 esportes olímpicos para aumentar sua participação e produzir alto desempenho", disse Carroll.

O AOC afirmou que pediu um financiamento de 60 milhões anuais para maiores investimentos no esporte olímpico do país.

O AOC destacou abordar a crise da obesidade, melhorar a saúde mental, fortalecer as comunidades e impulsionar o orgulho nacional como áreas nas quais o financiamento poderia se beneficiar.

"Os esportes olímpicos, com sua diversidade cultural e participação feminina de longo prazo, estão bem posicionados para entregar muitas das iniciativas que o governo busca, se elas forem apoiadas", disse Carroll.

O financiamento tem sido uma questão contenciosa no esporte australiano nos últimos anos e foi fundamental para uma disputa entre o presidente da AOC, John Coates e Wylie.

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes