Mundial de Vela 2018 - Dia 10

Após um ano afastadas das competições juntas, Martine Grael e Kahena Kunze mostraram no Mundial de Classes Olímpicas que já estão bem próximas das principais concorrentes. As campeãs olímpicas da 49er FX encerraram neste sábado, dia 11, sua participação no principal campeonato de 2018 com um terceiro lugar na regata da medalha e a quarta colocação na classificação geral, com 102 pontos perdidos, batendo na trave. O ouro foi para as holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duetz (89 p.p.), a prata ficou com as austríacas Tanja Frank e Lorena Abicht (91 p.p.), e as britânicas Sophie Weguelin e Sophie Ainsworth (94 p.p.) levaram o bronze.

Neste domingo (12), Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino entram na água na briga por uma medalha no Mundial. A dupla brasileira ocupa a quinta colocação na classificação da Nacra 17 e disputa a regata decisiva a partir de 10h25 de Brasília, com transmissão ao vivo em vídeo no canal do YouTube da World Sailing.

A próxima parada para Martine e Kahena será no Japão. Em setembro, elas participarão do evento-teste para os Jogos de Tóquio 2020, em Enoshima. Será uma oportunidade para conhecer a raia olímpica.

O Mundial da Dinamarca é a primeira competição da vela classificatória para os países em Tóquio 2020. O Brasil já assegurou vaga olímpica na 49er FX, Laser e Nacra 17. As demais classes terão novas chances de carimbar passaporte para o Japão nos Campeonatos Mundiais de 2019 e nos eventos continentais de classificação. A definição de quais atletas vão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos será feita ao longo dos próximos dois anos, de acordo com os critérios técnicos estabelecidos pela Confederação Brasileira de Vela, baseando-se nos resultados das principais competições nacionais e internacionais.


foto: Jesus Renedo/Sailling energy

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes