Andressa de Morais fica em quarto lugar na etapa de Londres da Diamond League


A etapa de Londres da Diamond League teve prosseguimento neste domingo (22) e que contou com a presença de dois brasileiros.

Feminino:

No lançamento do disco, assim como nas três etapas em que a categoria foi disputada (Doha, Roma e Paris) o pódio foi exatamente o mesmo, com a croata Sandra Perkovic vencendo, marcando 67.24m, seguida das cubanas Yaimé Pérez (64.63m) e Denia Caballero (63.91m). A brasileira Andressa de Morais repetiu o quarto lugar que obteve em Doha e Paris, com a marca de 62.71m.

Nos 200m rasos houve dobradinha americana, com as duas atletas fazendo a melhor marca da vida. A vitória ficou com Jenna Prandini, que fez 22.16, seguida da compatriota Gabrielle Thomas, com 22.19. A jamaicana Shericka Jackson ficou em terceiro, com 22.22. No salto em altura, Mariya Lasitskene venceu a quinta em seis provas disputadas, com a marca de 2.04m. Em segundo chegou a italiana Elena Vallortigara, que fez a melhor marca da vida, com 2.02m.

Nos 100m com barreiras o pódio foi todo americano, com a vitória ficando com Kendra Harrison, sua segunda na temporada, com o tempo de 12.36, assumindo a liderança do ranking mundial, que era de Brianna McNeal, que ficou em segundo com 12.47, com Shakira Nelvis em terceira, marcando 12.51, sua melhor tempo na temporada.

Masculino: 

A prova dos 1.500m, que não contou pontos para a corrida do diamante, teve a participação do brasileiro Thiago André, que não fez uma boa prova e terminou na última colocação, com o tempo de 3:45.72, mais de dez segundos acima da sua melhor marca pessoal e melhor marca do ano. A prova foi vencida pelo americano Matthew Centrowitz, com 3:35.22.

Na prova dos 800m, o queniano Emmanuel Korir venceu a sua segunda na temporada, com o tempo de 1:42.05, fazendo a melhor marca na carreira, além de bater o recorde do meeting e assumir a liderança do ranking mundial. Korir teve a companhia no pódio do americano Clayton Murphy e do queniano Wyclife Kinyamal.

No salto em distância, os sul-africanos Luvo Manyonga e Ruswahl Samaai dominaram a prova, com Manyonga vencendo pela terceira vez na temporada, saltando para 8.58m, recorde do meeting. Samaai saltou para 8.42m, sua melhor marca na temporada. Outro que fez a melhor marca no ano foi o americano Jarrion Lawson, com 8.25m, ficando em terceiro.

A próxima etapa da Diamond League, a última antes das etapas finais, será disputada em Birmingham (GBR), no dia 18 de agosto.

Foto: Divulgação/IAAF


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes