Sensação da temporada, Samba bate recordes na etapa de Estocolmo da Diamond League

A Diamond League teve prosseguimento neste domingo (10) com a sexta etapa da temporada disputada na capital sueca Estocolmo, tendo alguns atletas melhorando suas marcas pessoais, com alguns deles batendo recordes e assumindo a liderança do ranking mundial em algumas categorias.

Feminino:

Nos 100m rasos, a britânica Dina Asher-Smith e a marfinense Murielle Ahouré inverteram as posições em relação à etapa de Oslo, com a britânica vencendo dessa vez com o tempo de 10.93, dez centésimos à frente da marfinense. Assim como em Oslo, o terceiro lugar ficou com a trinitina Michelle-Lee Ahye (11.11). Nos 100m com barreiras, a americana Brianna McNeal ficou com a vitória, sua segunda na temporada, assumindo a liderança do ranking mundial com o tempo de 12.38, dez centésimos à frente da jamaicana Danielle Williams. A bielorrussa Alina Talay completou o pódio (12.55).

Nos 400m rasos, a barenita Salwa Eid Naser vencendo uua segunda prova consecutiva e fez o melhor tempo da carreira com 49.84, seguida das americanas Phyllis Francis (50.07) e Jessica Beard (50.55). Nos 1.500m, a vitória ficou com a etíope Gudaf Tsegay, com o tempo de 3:57.64, sua melhor marca pessoal. Em segundo ficou a britânica Laura Muir (3:58.53) e em terceiro a marroquina Rababe Arafi (4:00.28).

No salto em altura, Mariya Lasitskene e Mirela Demireva saltaram para 2.00, com a vitória ficando com Lasitskene, que converteu o salto logo na primeira tentativa, conquistando a terceira vitória na temporada. Já o salto em distância fez sua estreia na temporada da Diamond League, com a vitória ficando com a britânica Lorraine Ugen, com a marca de 6.85m, repetida em dois saltos.

Masculino:

Nos 200m rasos, o turco Ramil Guliyev venceu a segunda consecutiva, com o tempo de 19.92, quinze centésimos à frente do canadense Aaron Brown. O sul-africano Luxolo Adams chegou em terceiro (20.36). Já nos 5.000m, que fez sua estreia na temporada, a vitória ficou com o etíope Selemon Barega, que assumiu a liderança do ranking mundial com o tempo de 13:04.05, apenas dois décimos à frente do barenita Birhanu Balew. Outro etíope, Abadi Hadis, completou o pódio (13:06.76).

Nos 400m com barreiras, o catari Abderrahman Samba continua impressionando na temporada, conquistando mais uma vitória, a quarta na temporada, e não só fazendo sua melhor marca pessoal, como também batendo o recorde asiático e o da Diamond League, com o tempo de 47.41, quatro décimos à frente do norueguês Karsten Warholm, que também fez a melhor marca pessoal. O turco Yasmani Copello completou o pódio (48.91).

No salto em distância, a vitória ficou com o cubano Juan Miguel Echevarría, com a marca de 8.83m, que lhe daria a liderança do ranking mundial não fosse pelo fato do salto ter sido com vento superior a +2.0m/s, além do limite para homologação. O americano Jeff Henderson ficou em segundo (8.39m) e o sul-africano Luvo Manyonga em terceiro (8.25m).

No salto com vara, a vitória ficou com o sueco Armand Duplantis, que saltou para 5.86m, desbancando o campeão mundial Sam Kendricks, que saltou para 5.81m. O polonês Piotr Lisek completou o pódio. E no lançamento do disco, o jamaicano Fedrick Dacres venceu a segunda na temporada, com a marca de 69.67m, batendo o recorde do meeting, estabelecendo a melhor marca pessoal e assumindo a liderança do ranking mundial. O lituano Andrius Gudzius, anteior líder do ranking, também melhorou sua marca pessoal, ficando a apenas 8 centímetros do jamaicano. O iraniano Ehsan Hadadi chegou em terceiro (67.68m).

A próxima etapa da Diamond League acontecerá em Paris no dia 30 de junho.

Foto: IAAF


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes