Treinos oficiais dão o pontapé inicial do STU Qualifying Series de Skate Park


Tudo pronto para a primeira etapa da modalidade park do STU Qualifying Series, no SkatePark da Costeira, em Florianópolis. Um total de 48 atletas (entre homens e mulheres) estarão disputando o título da etapa, que conta pontos para o ranking brasileiro, que ajudará a formar a seleção brasileira de skate em 2019. 

Nomes como Pedro Barros, Ítalo Penarrubia, Luizinho Francisco, Murilo Peres, Yndiara Asp, Dora Varella, Camila Borges e Isadora Pacheco, que já fazem parte da seleção brasileira 2018, estão confirmados. Mas não faltam candidatos para surpreender. Iago Magalhães, de Curitiba, vice-campeão do Oi Bowl Jam, em 2017, é um deles. 

“A pista aqui da Costeira é uma pista que favorece a todo tipo de skate. Tem uma galera que já está aí há um tempo se adaptando. Mas a expectativa é muito boa, todo mundo está andando bem, o que só eleva o nível. Vai ser acirrado, espero ir bem e conseguir me superar”. 

Florianópolis é um dos berços do skate nacional. Por isso, Ítalo Penarrubia espera que as arquibancadas estejam cheias e ainda revela um dos fatores importantes para ir bem nesta competição. 

“Eu quero manter a minha pontuação para representar o Brasil em 2020. Essa é a primeira etapa para poder chegar lá, então é um passo muito importante. Acho que vai ser essencial conseguir manter a velocidade, porque é uma pista bem grande em que é difícil se manter rápido. Quem for mais veloz e aproveitar mais o espaço vai sair na frente. A gente espera que a arquibancada fique cheia, galera apoie a gente, o skate brasileiro está muito forte e a gente quer que a galera se divirta assistindo”. 

Na disputa feminina, Dora Varella espera conseguir mostrar evolução a cada etapa, mas principalmente se divertir na pista para que as coisas aconteçam positivamente. 

“Vai ser importante usar a pista inteira, fazer manobra corrida, aéreo, variar manobra parada. Enfim, mostrar que estar evoluindo e se divertir muito. Porque é se divertindo que as coisas acontecem. São muitas meninas boas, a gente se conhece muito bem, somos amigas e vamos ver o que vai acontecer”. 

A etapa de Park em Floripa é a primeira de um total de quatro que serão disputadas ao longo de 2018 e que pontuará para o ranking brasileiro. Após as quatro etapas, os oito melhores skatistas no feminino e masculino estarão automaticamente classificados para a disputa do Oi STU Open, em novembro, no Rio de Janeiro, que contará com pontuação dobrada. Após as cinco etapas, os três atletas melhor ranqueados, mais um selecionado pela CBSk, formarão a seleção brasileira de skate em 2019.

Foto: Helge Tscharn


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes