Jogos Sul-Americanos da Juventude 2017- Dia 7

O Brasil conquistou no sétimo dia dos Jogos Sul-Americanos da Juventude a sua 100ª medalha na competição. São 43 medalhas de ouro, 26 de prata e 31 de bronze, e o primeiro lugar absoluto do evento. Em segundo lugar aparece a Colômbia com 75 medalhas no total, sendo 25 de ouro, e em terceiro a Argentina com 24 de ouro e 74 no total. A ginástica artística foi o esporte que mais deu medalhas ao Brasil nesta sexta-feira, com oito medalhas. Os esportes de combate também tiveram destaque para a delegação brasileira. Enquanto isso, esportes como o vôlei de praia, badminton e basquete 3x3 vão se aproximando de seu desfecho.

 O grande destaque do dia ficou mais uma vez por conta da ginástica artística, que conquistou mais oito medalhas, sendo três de ouro. Diogo Soares somou mais duas de ouro, chagando a seis no total. A primeira veio na prova de salto, em que somou 13.634 na média de seus dois saltos, deixando para trás o argentino Fernando Espindola. Na mesma prova o brasileiro Patrick Barone ficou com a medalha de bronze com uma média de 13.050. O segundo ouro de Diogo Soares veio na barra fixa, com a nota de 12.933. Na mesma prova Murilo Pontedura foi medalhista de bronze. O último ouro brasileiro da ginástica também veio com uma dobradinha na prova de trave. Luísa Helena, com a nota de 12.650, ficou em primeiro lugar deixando para trás a colombiana Paula Rodriguez. Bronze para a brasileira Beatriz da Silva, com 11.980.

A ginástica trouxe ainda mais duas medalhas de prata, uma com Luísa Helena no solo, que ficou atrás apenas da argentina Luna Fernandez por apenas 0.1. A outra foi conquistada por Lucas Souza na prova de paralelas com a nota de 12.733.

O dia também marcou a estreia do atletismo na competição em Santiago e deu ao Brasil as suas duas primeiras medalhas. Ouro para Lucas Pinheiro Leite nos 1500 metros com o tempo de 04:04.80, que deixou para trás o equatoriano Jorge Toalongo e o argentino Daylan Hock. A segunda medalha do atletismo no dia foi para Augusto Fernandes no salto em altura, que conquistou a prata com o salto de 2 metros. Ele ficou atrás apenas do chileno Nicolás Rueda com a marca de 2.03 metros.

Na estreia do caratê na competição, medalha de bronze para Anna Prezzotti na categoria +59 kg. Lucas Miranda perdeu em sua primeira luta para Gabriel Morey na categoria +68 kg.

Outro esporte que teve uma ótima estreia para o Brasil em Santiago foi a luta. Na greco-romana o país conquistou três medalhas, sendo duas de ouro e uma de prata. O primeiro ouro veio com Guilherme Arruda na categoria até 58 kg, que derrotou na final o colombiano Victor Vergel por 3 a 1. Antes o brasileiro já havia passado pelo venezuelano Yender Visbal. A segunda medalha de ouro veio com Igor Queiroz, na categoria até 85 kg, que bateu na final o colombiano Brandon Perez. A prata foi de Gemerson dos Santos, que perdeu sua final para Antonio Mora, do Equador, na categoria até 50 kg.

O Brasil se saiu bem em mais um esporte de combate. Do taekwondo vieram outras duas medalhas, um ouro e um bronze. Ouro para Vitor Porto na categoria até 73 kg, que bateu o chileno Luciano Bordon por 14 a 8. Carolina Giovani conquistou o bronze na categoria até 44 kg.

O levantamento de peso em seu terceiro dia de disputas trouxe a sua primeira medalha para o Brasil. Nicole Lagos ficou com o bronze com a marca de 162 kg levantados, contra 171 kg da colombiana Julieth Quintero e 164 kg da argentina Abril de Candido.


Também foram disputadas provas na canoagem, com boa participação dos brasileiros, no badminton e no tênis de mesa. No basquete 3x3 a equipe masculina bateu o Suriname por 21 a 8, enquanto a equipe feminina perdeu para o Uruguai por 10 a 2. No vôlei de praia as duas equipes brasileiras venceram seus jogos pelas quartas de final de seus torneios e se classificaram para as semifinais. E o golf viu o fim das disputas, tendo o Lucas Park conquistado o melhor resultado para o Brasil, o 4º lugar no individual masculino.

Para ver os resultados completos clique aqui.

Foto: COB


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes