Índia quer recuperar "glória perdida” no hóquei sobre grama nos Jogos Rio 2016


O torneio masculino de hóquei sobre grama dos Jogos Rio 2016 já tem um participante definido: a Índia, classificada com o título dos Jogos Asiáticos 2014. Dona de oito ouros Olímpicos, a seleção virá para a primeira edição dos Jogos da América do Sul com um objetivo claro e desafiador - retomar o papel de protagonista no cenário internacional após 36 anos fora do pódio. (Saiba como comprar seu ingresso)

“O hóquei indiano já dominou o mundo no passado, conquistando oito ouros nos Jogos Olímpicos. Ganhar a nona medalha dourada seria um feito muito importante e especial. Temos uma história gloriosa no hóquei e fãs muito apaixonados, que ficarão frenéticos se vencermos”, afirma Sardar Singh, capitão da equipe indiana.

"Todo o país sonha com a conquista da medalha de ouro e a recuperação da glória perdida", completa o goleiro P.R. Sreejesh.

Das oito medalhas de ouro indianas, seis foram conquistadas em sequência, entre os Jogos Amsterdam 1928 e Melbourne 1956. As demais vieram em Tóquio 1964 e Moscou 1980. Desde o último ouro, no entanto, a equipe não subiu mais no pódio Olímpico. E, a partir de Los Angeles 1984, Grã-Bretanha, Paquistão, Holanda, Alemanha e Austrália se revezaram no topo.

Na seleção indiana desde 2006, Sardar Singh relaciona o começo do declínio indiano à adoção dos campos de grama artificial nas principais competições internacionais, durante a década de 70.

“A utilização da grama artificial nos campos tornou o jogo mais baseado na velocidade do que na técnica, e o hóquei praticado na Ásia, e especialmente na Índia, sempre foi reconhecido pela habilidade. Levamos algum tempo para nos ajustar ao piso e ao novo estilo de jogo que ele exige, enquanto os times europeus e a Austrália melhoraram bastante neste período”, explica o capitão.

Mas, segundo ele, depois de passar por dificuldades na adaptação, a seleção indiana já está pronta para voltar a brilhar nos Jogos.

“Nos últimos anos, conseguimos evoluir e aumentar a velocidade do nosso jogo. Após os últimos resultados, podemos dizer que estamos entre os melhores do mundo e que vamos lutar pelo ouro nos Jogos Rio 2016”, aposta.

Os resultados que reforçam a confiança da equipe são o título dos Jogos Asiáticos 2014, obtido com uma vitória sobre o tricampeão Olímpico e arquirrival Paquistão, e os três triunfos sobre a Austrália, líder do ranking mundial, em uma série de jogos na casa do adversário.

“Estes resultados foram muito animadores e representam um bom começo na nossa preparação para os Jogos Rio 2016”, comemora o goleiro Sreejesh.

Para ele, a classificação para os Jogos Olímpicos com dois anos de antecedência é um diferencial importante na preparação da equipe.

“Foi a melhor coisa que nos aconteceu. Temos bastante tempo para realizar nossa preparação e testar diversas estratégias. Nas competições que teremos pela frente, testaremos novas variações e daremos oportunidades a jogadores mais jovens. Temos tempo, um extenso grupo de jogadores talentosos e uma equipe técnica muito experiente”, diz o goleiro.

Com a classificação garantida, os indianos já se imaginam nos Jogos Rio 2016. Conquistar a torcida dos brasileiros é um dos objetivos do capitão Sardar Singh.

“Sei que as pessoas na cidade amam os esportes e a paixão que têm pelo futebol é mundialmente conhecida. Espero um bom público nas partidas e espero que torçam por nós”, diz o jogador.

Até o fim deste ano, serão definidos os 12 países classificados para o torneio masculino dos Jogos Olímpicos Rio 2016. As vagas sairão da Liga Mundial, dos Jogos Pan-Americanos, do Campeonato Europeu, da Copa da Oceania e do Pré-Olímpico Africano.

Fonte: www.rio2016.com

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes