Últimas Notícias

Brasil vence mais uma, segue invicto e lidera a Liga das Nações 2024

Sob o olhar do técnico Zé Roberto, Tainara anotou 19 pontos no jogo de hoje. - Foto: Volleyballword

 

Na madrugada desta sexta-feira (14), a Seleção Brasileira Feminina de Vôlei chegou à sua 11ª vitória seguida na fase de classificação da Liga das Nações (VNL) 2024. O triunfo desta vez foi sobre a Bulgária por 3 sets a 0, que manteve o Brasil no topo da tabela com 31 pontos conquistados e invicto na competição.

 

Para encarar as búlgaras, o técnico Zé Roberto promoveu o retorno da ponteira Ana Cristina, que havia sido poupada após sentir um desconforto na panturrilha, e escalou o Brasil para iniciar o jogo com a levantadora Roberta, as centrais Diana e Thaisa, as ponteiras Gabi e Ana Cristina, a líbero Nyeme e a oposta Tainara, que aproveitou a oportunidade e foi a maior pontuadora do jogo com 19 pontos.

 

A Seleção Brasileira começou a partida com o “modo atropelo” ativado e não deu chances para a Bulgária nos dois primeiros sets. O Brasil aproveitou a dificuldade búlgara no side-out e dominou as ações do jogo, vencendo por 25-11 nas duas primeiras parciais. No terceiro set, a Búlgaria ameaçou uma reação, equilibrando as ações, no entanto, nos momentos decisivos as brasileiras impuseram seu ritmo, fechando a parcial em 25-23 e o jogo em 3 sets a 0.   

 

Com mais essa vitória, as brasileiras seguem na liderança isolada da Liga das Nações 2024, acumulando a 11ª vitória em 11 partidas. O Brasil já está garantido na fase final da Liga das Nações 2024, que será disputada na Tailândia entre os dias 20 e 23 de junho, com as oito melhores equipes avançando. As brasileiras voltam às quadras no domingo (16) para encarar a Turquia às 06h e fechar a sua participação na fase classificatória.

 

Outras partidas marcaram o dia na VNL 2024, com destaque para a vitória dos Países Baixos sobre o Canadá, em confronto direto por uma vaga olímpica via ranking, que com o 3 sets a 0 das neerlandesas (26-24, 25-16 e 25-23) deixaram as europeias bem próximas da vaga e assegurou a vaga olímpica do Japão mesmo sem atuar.

 

Ainda em Fukuoka tivemos a vitória da França sobre a Sérvia por 3 sets a 1, parciais de 25-22, 22-25, 25-23 e 25-21, além da Itália, que vem subindo o nível de suas atuações, superando a Coreia do Sul de forma dominante em 3 sets a 0, parciais de 25-16, 25-11 e 25-13.

 

Na sede de Hong Kong, além da vitória brasileira tivemos a vice-líder Polônia superando a República Dominicana por 3 sets a 0, parciais de 33-31, 25-20 e 25-16 e também o triunfo da China sobre a Alemanha também por 3 sets 0, parciais de 25-19, 25-17 e 25-18.


O Brasil lidera a VNL 2024 com 31 pontos em 11 partidas, seguido por Polônia com 27 pontos, Itália com 25 pontos, Turquia 24 pontos, Japão 22 pontos, China 21 pontos e Estados Unidos 19 pontos, todos estes com 10 jogos realizados e fechando o grupo dos sete classificados até o momento, que se juntarão à anfitriã Tailândia na fase decisiva.

 


Próximas Partidas da Liga das Nações 2024

15 de junho

Canadá x França - 0h - Fukuoka, Japão

República Dominicana x Bulgária - 2h30 - Hong Kong, China

Itália x Estados Unidos - 3h30 - Fukuoka, Japão

Polônia x Tailândia - 6h - Hong Kong, China

Japão x Sérvia- 7h20 - Fukuoka, Japão

República Popular da China x Turquia - 9h30 - Hong Kong, China

Países Baixos x República da Coreia - 23h30 - Fukuoka, Japão

 

16 de junho

Alemanha x Tailândia - 2h30 - Hong Kong, China

Sérvia x Itália - 3h - Fukuoka, Japão

Turquia x Brasil - 6h - Hong Kong, China

Japão x Estados Unidos - 6h45 - Fukuoka, Japão

República Popular da China x Polônia - 9h30 - Hong Kong, China

 


FASE ELIMINATÓRIA

Quartas de final: 20 e 21 de junho - 7h e 10h30

Semifinais: 22 de junho - 7h e 10h30

Disputa pelo 3º lugar e Final: 23 de junho - 7h e 10h30


0 تعليقات

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar