Esquiadora medalhista olímpica diz que não vai haver 'espirito olímpico' em 2026 por causa da distância entre as cidades


A esquiadora italiana Federica Brignone disse que não vai existir espirito olímpico em 2026 em virtude da distância entre as cidades de Milão e Cortina d'Ampezzo, cidades que receberão os Jogos Olímpicos de Inverno daqui a quatro anos.

Brignone é detentora de três medalhas olímpicas, duas conquistadas em Pequim este ano: prata no slalom gigante e bronze no combinado alpino.

A italiana disse a imprensa italiana que: "Com certeza não estarei nos Jogos de 2026. Não existirá o espirito olímpico"

"Os alpes são fantásticos e finalmente os Jogos Olímpicos estão de volta a Europa."

"A única coisa ruim é que os locais de disputa estão espalhados. Não haverá Vila Olímpica ou espirito olímpico. Estaremos todos em locais diferentes", completou a italiana de 31 anos.

Deverão ser criadas quatro vilas olímpicas para os Jogos: Milão, Cortina, Predazzo e Livigno.

Milão fica a 420km de distãncia de Cortina.

Foto: Sergei Belski - USA Today Sports

Postar um comentário

To Top