Brasil fará finais individuais em todas as classes da Copa América de bocha


A seleção brasileira será representada em sete finais individuais da Copa América de bocha, realizada no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Nesta sexta-feira, 10, foram disputadas as quartas de finais e as semifinais da competição. Ao fim da tarde, as decisões de todas as classes (da BC1 à BC4) foram definidas - tanto as femininas como as masculinas. As finais ocorrerão neste sábado, 11.

Na classe BC1, na qual atletas podem optar por auxílio de ajudantes, o Brasil estará nas duas decisões. Na semifinal feminina, Andreza Vitória de Oliveira derrotou a colombiana Sindy Gonzalez por 7 a 0. Agora, na final, ela vai duelar pelo título contra a argentina Ailen Flores. No torneio masculino, José Carlos de Oliveira superou o canadense Lance Cryderman pelo placar de 4 a 1. Na decisão, o brasileiro vai encarar o mexicano Eduardo Sanchez Reyes.

Nas finais da BC2, que não permite assistência, o país também terá representantes no feminino e masculino. Natali de Faria venceu a canadense Kristyn Collins, por 7 a 2, e avançou à final para enfrentar a salvadorenha Rebeca Duarte. Já entre os homens, Maciel Santos e Iuri da Silva disputaram as quartas de final, venceram seus oponentes e se encontraram nas semifinais. Melhor para Maciel, que venceu o jovem potiguar por 11 a 1. Na decisão, Maciel terá como adversário o argentino Luis Cristaldo. Já na disputa pelo bronze, Iuri terá pela frente o mexicano Dubier Paredes.

Outra classe que contará com brasileiros nas finais de ambos os gêneros é a BC3, que possibilita o uso de instrumento auxiliar e a ajuda de outra pessoa. Porta-bandeira do Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e campeã paralímpica nos Jogos do Rio 2016, Evelyn de Oliveira derrotou a argentina Micaela Salvador por 8 a 1. Na decisão, ela enfrentará mais uma argentina, Stefania Ferrando, que, na outra semifinal, eliminou a brasileira Evani Soares - vitória por 3 a 2.

"Estava na expectativa de ter uma final brasileira, mas tenho certeza de que a Evani vai com tudo na disputa pelo bronze. Eu perdi na semifinal da última Copa América para a Stefania. Só que agora é outra história e estou com outra cabeça. Estou confiante. Quero muito trazer esse título para o Brasil", disse Evelyn.

No masculino, Mateus Carvalho continua invicto, sendo que seus adversários não conseguiram pontuar sequer uma vez contra ele. Nesta sexta-feira, o brasileiro venceu o chileno Cristobal Aranda por 9 a 0. Na final, Mateus vai encarar o peruano Dean Costa.

Por fim, na BC4, para atletas que não recebem assistência, Ercileide da Silva foi eliminada na semifinal pela colombiana Leidy Chica Chica, ao perder por 6 a 3. Na disputa pelo terceiro lugar, a brasileira enfrentará a mexicana Karla Manuel Enriquez. Já no masculino, Eliseu dos Santos venceu o peruano Marco Dispaltro, por 5 a 2, e duelará pelo título contra o colombiano Euclides Grisales.


Pares e equipes


Após as finais individuais, começarão os jogos de pares e equipes da Copa América de bocha. As disputas vão até segunda-feira, 13.

Além do Brasil, país-sede do Regional, outras 11 nações das Américas têm sido representadas na competição continental: Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Estados Unidos, Guatemala, México e Peru.

Foto: Alê Cabral/CPB

Postar um comentário

To Top