Capitão da seleção japonesa critica ausência de público - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Capitão da seleção japonesa critica ausência de público

Compartilhe

 


Yoshida Maya, zagueiro e capitão da seleção japonesa, criticou a realização dos Jogos sem público. O jogador da Sampdoria disse em entrevista a Reuters, que espera a reconsideração da ideia pelas autoridades e questionou para quem serve as Olimpíadas. As declarações foram feitas neste sábado (17) após o amistoso contra a seleção da Espanha, realizado em Kobe com torcida nas arquibancadas.


O futebol poderá contar com público mas apenas em Kasima e Myiagi, prefeituras que liberaram a presença de torcida desde que o número de pessoas seja reduzido e haja respeito ao distanciamento social. Outras competições do país, como a J-League (Liga Japonesa de futebol), o campeonato de beisebol e a Superformula (Maior campeonato de automobilismo do país) são realizados com público reduzido.


"Acho que muito dinheiro dos impostos das pessoas vai sustentar essas Olimpíadas. Apesar disso, as pessoas não podem ir assistir. Então você fica se perguntando para quem é e para que serve as Olimpíadas. Claro que os atletas querem jogar na frente dos torcedores" questionou Yoshida.


"Eu realmente espero que possamos reconsiderar isso seriamente." completou o zagueiro.


O Japão está no grupo A do futebol e estreia dia 22 contra a África do Sul em Tóquio. O grupo ainda conta com as seleções da França e do México.


Surte+: GUIA DOS JOGOS OLÍMPICOS TÓQUIO 2020


Foto em destaque: Reprodução/ JFA

Nenhum comentário:

Postar um comentário